Censo 2010 fará uma fotografia do País

O presidente Lula recebe, no Café com o Presidente, os ministros da Ciência e Tecnologia, Sérgio Resende, e do Planejamento, Paulo Bernardo. Com Resende, trata da Medida Provisória 497, que prevê redução de impostos para empresas que investirem em inovação tecnológica. Com Paulo Bernardo, conversa sobre a importância de cada brasileiro atender bem os recenseadores.

audio/mpeg censo-2010-traz-uma-fotografia-do-pais.mp3 — 5658 KB




Transcrição

Apresentador: Olá, você, em todo o Brasil. Eu sou Luciano Seixas, e começa agora o Café com o Presidente, o programa de rádio do presidente Lula. Olá, presidente, como vai? Tudo bem?

Presidente: Tudo bem, Luciano.

Apresentador: Presidente, o senhor assinou, nesta semana, uma medida provisória que traz reduções de impostos para empresas que investirem em inovação tecnológica. Como é que vai funcionar, presidente?

Presidente: Luciano, antes de eu falar como é que vai funcionar, hoje está comigo o ministro da Ciência e Tecnologia, o ministro Sérgio Rezende, para falar da inovação tecnológica e está, também, o ministro Paulo Bernardo, comigo, para falar do Censo que começou, ontem, a ser feito pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que vai ser o novo censo brasileiro. Quando nós fizemos o PAC em 2007, nós colocamos R$ 41 bilhões para investimento em ciência e tecnologia, uma parte desse dinheiro foi sendo colocado pelo ministério na FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos), para financiar ciência e tecnologia. Ou seja, nós precisamos ficar mais competitivos, melhorar a qualidade dos nossos produtos, baratear a qualidade dos nossos produtos e, isso, obviamente, que está ligado à inovação. Então, para falar sobre isso ninguém melhor do que o nosso ministro Sérgio Rezende, nosso ministro da Ciência e Tecnologia.

Ministro de Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende: Bom-dia, Luciano! A medida provisória que o presidente assinou essa semana, ela desonera de impostos a subvenção econômica, de modo que as empresas agora têm um incentivo maior ainda para investirem em inovação tecnológica. Então, a nova medida provisória, ela permite que, mesmo que o produto desenvolvido aqui custe um pouco mais caro, ele possa ganhar uma licitação. Com isso, nós temos hoje, no Brasil, um leque de apoio do governo para que as empresas sejam estimuladas. Agora, é muito importante que os empresários se arrisquem mais. O Brasil tem, hoje, muitos pesquisadores com capacidade de ajudá-los, e que elas, realmente, passem a fazer, da inovação, parte do seu processo produtivo.

Presidente: Uma coisa importante, Luciano, é que o Brasil passou a ser o segundo país do mundo na promoção de incentivos fiscais ao setor, perdendo apenas para os Estados Unidos. Ou seja, esse é um dado inusitado para o Brasil, porque, do ponto de vista do dinheiro colocado pelo Estado brasileiro, nós estamos, mais ou menos, equiparados a todos os países do mundo. A diferença é que, em alguns países, as empresas privadas fazem muito investimento em ciência e tecnologia. E, no Brasil, nós fazemos muito pouco ainda. Então, nós estamos combinando com as empresas, com as federações das indústrias, com a CNI (Confederação Nacional da Indústria), com o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas), um jeito da gente motivar os empresários brasileiros a entrarem para valer nessa questão da inovação, para eles poderem fazer uma revolução na sua empresa, nos seus produtos, nas suas vendas.

Apresentador: Você está ouvindo o Café com o Presidente, o programa de rádio do presidente Lula. Presidente, o senhor disse no início, o IBGE começou, neste domingo, a realização do Censo 2010. Qual a importância do Censo para o país?

Presidente: É importante lembrar que hoje à tarde o censo vai estar aqui no Palácio da Alvorada, fazendo o censo comigo e com a Dona Marisa (Primeira Dama Marisa Letícia). Olha, o censo, na verdade, é uma fotografia, sabe, do país, da situação socioeconômica do país, da situação social do país, da evolução da sociedade brasileira. Se melhorou a questão do saneamento básico, se melhorou a questão da energia elétrica, se melhorou a questão da conquista de produtos dentro da casa das pessoas. Agora, ninguém melhor pra falar sobre isso do que o nosso ministro Paulo Bernardo, que é o ministro do Planejamento, e o responsável pelo IBGE e, consequentemente, pelo Censo.

Ministro do Planejamento, Paulo Bernardo: Bom-dia, presidente! O Censo é muito importante, é a única pesquisa que é feita no Brasil em todos os 5.565 municípios. E essa pesquisa tem muito peso, porque o Governo Federal usa para fazer o planejamento das políticas públicas, os governos estaduais usam para fazer o seu planejamento, os governos municipais, as empresas, as academias, universidades, institutos de pesquisa. Quando vão fazer estudos sobre a realidade brasileira, trabalham com dados do censo. Então, é fundamental ajudar, respondendo corretamente as perguntas que são feitas. Começou ontem, vai até o dia 31 de outubro, e eles vão em todas as residências. O recenseador não pede documento, não vai pedir documento nenhum para comprovar nada do que é dito, vale o que o morador responder. Aquilo é colocado e, no fim, nós vamos fazer uma tabulação de todos os resultados. As informações são absolutamente confidenciais, não pode divulgar informação de ninguém, só pode divulgar a estatística final, ou seja, o conjunto de informações que serão divulgados para todos usarem nos seus planejamentos.

Presidente: O Paulo Bernardo disse uma coisa que é importante, que cada brasileiro que está me ouvindo agora, cada brasileira entender o seguinte, quando chegar o pesquisador do IBGE, por favor, sabe, responda com a maior sinceridade, com a maior verdade absoluta. Se puder, ofereça até um cafezinho para o companheiro. Cada palavra sua, sabe, é que vai dar o retrato fiel do que será o país daqui a uns dois anos, quando tiver tudo, sabe, elaborado, tudo pronto e for divulgado.

Apresentador: Muito obrigado, ministro Paulo Bernardo, ministro Sérgio Rezende. Muito obrigado, presidente Lula, e até a próxima semana.

Presidente: Obrigado a você, Luciano, e até a próxima semana.

Apresentador: Você pode acessar este programa em www.cafe.ebc.com.br. O Café com o Presidente volta na próxima segunda-feira. Até lá.