10/03/17 - A Voz do Brasil

Integração do Rio São Francisco é realidade para moradores de Monteiro, na Paraíba! Presidente Michel Temer aciona mecanismo que vai levar a água a quatro milhões de pessoas em municípios da Paraíba e de Pernambuco! E depois da viagem ao Nordeste, o presidente conversou com exclusividade para a Voz do Brasil: Falou da importância da água para os nordestinos e reforçou a prioridade do governo com a geração de empregos. E você também vai ouvir hoje: Começou o saque das contas inativas do FGTS para nascidos em janeiro e fevereiro. Brasileiros que sofrem de depressão vão ter atendimento de graça por central de atendimento.

audio/mpeg 10 03 17.mp3 — 11719 KB




Transcrição

Apresentador Airton Medeiros: Em Brasília 19h.

 

"Está no ar a Voz do Brasil. As notícias do Governo Federal que movimentaram o país no dia de hoje".

 

Apresentadora Gabriela Mendes: Boa noite.

 

Airton: Boa noite para você que está conosco em todo o país.

 

Gabriela: Sexta-feira, 10 de março de 2017.

 

Airton: E vamos ao destaque do dia: água na torneira dos nordestinos.

 

Gabriela: Integração do Rio São Francisco é realidade para moradores de Monteiro, na Paraíba.

 

Airton: Presidente Michel Temer aciona mecanismo que vai levar água a 4 milhões de pessoas em municípios da Paraíba e de Pernambuco.

 

Presidente da República - Michel Temer: De mãos dadas, o Velho Chico e o Rio Paraíba vão caminhar pelo interior e vão estimular o desenvolvimento.

 

Gabriela: E depois da viagem ao Nordeste, o Presidente conversou com exclusividade para a Voz do Brasil. Falou da importância da água para os nordestinos e reforçou a prioridade do governo com a geração de empregos.

 

Presidente da República - Michel Temer: Peço aos ouvintes da Voz do Brasil que vocês que são apaixonados pelo Brasil, que acompanham o nosso trabalho, saibam que nós estamos começando a colocar a economia nos trilhos e logo, logo, se Deus quiser, nós vamos colocar os empregos na rua. Isso que é importante para o nosso país.

 

Airton: E você também vai ouvir hoje.

 

Gabriela: Começou o saque das contas inativas do FGTS para nascidos em janeiro e fevereiro. Gabriela Noronha.

 

Repórter Gabriela Noronha: Cinco milhões de trabalhadores têm direito ao saque neste primeiro momento. Pode fazer o saque quem teve contratos de trabalho enterrados até 31 de dezembro de 2015.

 

Airton: Brasileiros que sofrem de depressão vão ter atendimento de graça por central de atendimento.

 

Gabriela: Hoje na apresentação. Gabriela Mendes e Airton Medeiros.

 

Airton: E para assistir a gente, ao vivo, na internet, basta acessar: www.voz.gov.br.

 

Gabriela: Hoje foi dia de festa no Nordeste.

 

Airton: É que as águas do Rio São Francisco chegaram pela primeira vez à torneira de moradores da cidade de Monteiro, na Paraíba.

 

Gabriela: O Presidente Michel Temer esteve lá e visitou também a cidade de Sertânia, em Pernambuco, para entrega do eixo leste do projeto de integração. Essa parte da obra vai atender mais de 4 milhões de pessoas.

 

Airton: Temer também foi a Campina Grande, na Paraíba, onde visitou obras do Minha Casa Minha Vida e ainda assinou o início das obras da BR-230.

 

Gabriela: Ao final dessa importante viagem, a jornalista Viviane Cardoso conversou com o Presidente com exclusividade para a Voz do Brasil. Vamos ouvir.

 

Repórter Viviane Cardoso: Presidente, hoje foi um dia de festa, né? Um dia que finalmente as águas do Rio São Francisco chegaram até a população.

 

Presidente da República - Michel Temer: É verdade. O primeiro que a transposição se concretiza, né? Quer dizer, nós vimos a festa, a satisfação, as pessoas quase chorando lá em Monteiro, onde chegaram as águas da transposição para alimentar o rio que vai abastecer toda... quase praticamente toda a Paraíba, né? E, de igual maneira, lá em Sertânia, que é em Pernambuco, nós acionamos um mecanismo que também leva água inicialmente para um município de 30, 40 mil habitantes. Mas também com grande alegria, são jatos d'água impressionantes que eu acabei vendo e acompanhando lá ao lado da população e todos muito felizes com isso, acho que é um momento histórico que nós vivemos esta transposição que começou há mais de 15 anos. Muitos governos passaram por esse tema, mas foi neste nosso governo que nós incentivamos muito a aplicação dos recursos para poder fazer essa festa do dia de hoje na Paraíba e numa parte de Pernambuco.

 

Repórter Viviane Cardoso: Mais cedo o senhor também esteve em Campina Grande, onde teve a assinatura de uma ordem de serviço da BR-230 e o senhor visitou um complexo que conta com casas do Minha Casa Minha Vida. Como é que foi isso, Presidente?

 

Presidente da República - Michel Temer: Olha, são mais de 4 mil casas, né? Que estavam em ritmo muito lento, mas eu acho que em pouco tempo será inaugurado esse complexo habitacional, que é uma coisa fantástica.

 

Repórter Viviane Cardoso: Isso mostra que o Nordeste é uma das prioridades do seu governo.

 

Presidente da República - Michel Temer: Sem dúvida. Eu acho que esta é a terceira ou quarta vez que eu venho. Na outra vez eu trouxe para Maceió 133 mil e 500 reservatórios, cisternas, né? Num investimento de quase R$900 milhões. Então, nós temos aplicado muito no Nordeste. O Nordeste é um fator importante para o Brasil e nós temos que ajudar cada vez mais o seu desenvolvimento.

 

Repórter Viviane Cardoso: O senhor encerra a semana então bastante satisfeito com essa viagem? Fechou com chave de ouro.

 

Presidente da República - Michel Temer: Satisfeitíssimo. Foi um dia muito feliz. Vocês sabem que nós estamos passando momentos lá atrás difíceis, agora já melhorando. Mas eu peço aos ouvintes da Voz do Brasil, vocês que são apaixonados pelo Brasil, que acompanham o nosso trabalho, saibam que nós estamos começando a colocar a economia nos trilhos e logo, logo, se Deus quiser, nós vamos colocar os empregos na rua. Isso que é importante para o nosso país.

 

Airton: Bem, e nós detalhar para você esse dia histórico para o sertão do Cariri.

 

Gabriela: As águas do Rio São Francisco, levadas pela obra de transposição, começaram a abastecer as cidades de Sertânia, em Pernambuco, e de Monteiro, na Paraíba.

 

Airton: O repórter João Pedro Neto acompanhou em Monteiro a liberação das águas do Velho Chico e a reação dos moradores que convivem há cinco anos com um dos períodos de seca mais severos da história.

 

Repórter João Pedro Neto: A chegada das águas do Rio São Francisco à Paraíba virou uma atração. Muita gente foi conferir de perto se o projeto de integração está mesmo se tornando uma realidade.

 

Entrevistado: É uma alegria imensa o cabra ver uma água dessa chegar aqui. Eu só estou acreditando porque eu estou vendo com os meus olhos.

 

Entrevistado: Quem tem sede, tem pressa, né? E Monteiro precisava por conta que nós moramos no Cariri seco, que é decadente de água.

 

Repórter João Pedro Neto: Vai ajudar aqui essa água?

 

Entrevistado: Ah, demais.

 

Repórter João Pedro Neto: Mas para muitos moradores da região, como o agricultor familiar Pedro Bezerra, a chegada da água é mais do que uma novidade, ele tira tudo a terra e conhece bem as dificuldades provocadas pela seca.

 

Agricultor familiar - Pedro Bezerra: A vida aqui já é sofrida, as chuvas são poucas, como 'nós vem' com cinco anos de seca, sem água fica difícil para alimentar o gado, fica difícil para a criação de tudo.

 

Repórter João Pedro Neto: A chegada das águas do São Francisco ao estado da Paraíba também foi acompanhada de pelo perto Presidente Michel Temer. Nesta sexta-feira ele entregou o eixo leste do projeto de integração. O Presidente acionou o mecanismo que abriu as comportas do canal em Monteiro, o que liberou a água para o leito do Rio Paraíba. Segundo Michel Temer, a conclusão do empreendimento é uma prioridade do Governo Federal.

 

Presidente da República - Michel Temer: Com a transposição e com a complementação da transposição, que serão completadas, eu espero ao final desse mais um ano e oito meses de governo eu possa vir aqui e dizer que toda a Paraíba está irrigada, está inundada de água.

 

Repórter João Pedro Neto: Monteiro é o ponto final do eixo leste o próximo de integração, um dos dois eixos que compõem a obra. As águas percorreram 217 quilômetros até chegarem à cidade. Só no eixo leste, 4,5 milhões de pessoas serão beneficiadas na Paraíba e em Pernambuco, cidadãos como a produtora rural Maria Verônica, que já recebe as águas do Velho Chico em casa. Ela acredita que a partir de agora vai sentir menos os efeitos da seca.

 

Produtora rural - Maria Verônica: Água é vida e se você tiver água você vai conseguir produzir com mais facilidade. Esse projeto era um sonho, ele virou realidade. Então, para nós agricultores vai ser de ganhos, de oportunidade.

 

Repórter João Pedro Neto: Antes de participar da cerimônia que marcou a chegada das águas, o Presidente Michel Temer visitou em Sertânia, Pernambuco, outra estrutura para o projeto de integração que vai ajudar a abastecer outras cidades da região. Quando os dois eixos da maior obra de infraestrutura hídrica do país estiverem concluídos, serão 477 quilômetros de estrutura atendendo 390 municípios de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. Mais de 12 milhões de pessoas no semiárido nordestino vão ter a segurança hídrica garantida. Reportagem, João Pedro Neto.

 

Gabriela: E daqui a no máximo 45 dias essa água vai começar a abastecer mais 18 cidades, entre elas Campina Grande, principal cidade do sertão da Paraíba, que tem sofrido com a seca.

 

Airton: O Presidente Michel Temer também esteve por lá e disse que a obra de transposição do Rio São Francisco é uma obra de todos.

 

Presidente da República - Michel Temer: Não quero a paternidade dessa obra. Ninguém pode tê-la. A paternidade é do povo brasileiro e do povo nordestino, porque vocês é que pagaram impostos ao longo do tempo, vocês é que permitiram que nós pudéssemos fazer grandes investimentos nessa obra.

 

Gabriela: E lá em Campina Grande o Presidente Michel Temer também anunciou mais de R$480 milhões em investimentos para o estado.

 

Airton: Estão mais de R$250 milhões para a melhorias da BR-230 entre João Pessoa e Cabedelo.

 

Gabriela: Benefício para mais de 1 milhão de pessoas, além de desenvolver a economia e o turismo da região.

 

Airton: A obra já está autorizada para começar e deve durar três anos.

 

Repórter Eduardo Biagini: No trecho de 28 quilômetros, que já estão duplicados, vão ser construídos viadutos, vias marginais, terceiras faixas, além de passarelas para pedestres e ciclovias. O diretor administrativo e financeiro do Dnit, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Gustavo Andrade, afirmou que as melhorias vão trazer desenvolvimento à região.

 

Diretor administrativo e financeiro do Dnit - Gustavo Andrade: Cabedelo é uma cidade portuária, onde todo o escoamento da nossa indústria e comércio e agricultura é feita através de porto. Então, é uma obra importante, muito importante não só para o estado, mas como para todo o Nordeste.

 

Repórter Eduardo Biagini: As melhorias na BR-230 vão gerar 600 empregos diretos e mil indiretos. O ministro dos Transportes Portos e Aviação Civil, Maurício Quintela, explicou que a obra vai melhorar o trânsito na região metropolitana da capital paraibana, garantindo a segurança de quem usa e mora às margens da rodovia.

 

Ministro dos Transportes Portos e Aviação Civil - Maurício Quintela: Essa obra que nós estamos dando a ordem de serviço hoje vai beneficiar mais de 1 de milhão de pessoas, Presidente. Ela tem hoje um tráfego de mais de 70 mil veículos/dia, na época de alta temporada chega a ter 85 mil veículos, e vai desafogar todo a trânsito da região metropolitana, vai garantir segurança para a gente não tenha mais os acidentes que a gente verifica hoje.

 

Repórter Eduardo Biagini: Além de autorizar as melhorias da BR-230, o Presidente Michel Temer visitou as obras do programa Minha Casa Minha Vida em Campina Grande. O conjunto habitacional que deve ficar pronto até dezembro desse ano vai beneficiar mais de 4 mil famílias de baixa renda. O ministro das Cidades, Bruno Araújo, afirmou que o governo também vai beneficiar quem já possui a casa própria com o Cartão Reforma. Famílias de baixa renda vão receber, em média, R$5 mil para aquisição de materiais de construção, R$1 bilhão vão ser investidos.

 

Ministro das Cidades - Bruno Araújo: Esse ano 180 mil famílias de brasileiros vão receber da mão do Presidente Michel Temer o Cartão Reforma para ajudar a recuperar e melhorar aquele que já tem a sua habitação e que precisa melhorá-la com reboco, com banheiro, com ampliação.

 

Repórter Eduardo Biagini: Apenas em Campina Grande o investimento do Minha Casa Minha Vida em todas as faixas do programa chega a um R$1 bilhão e R$600 milhões. E no estado da Paraíba o valor é de R$8 bilhões. Reportagem, Eduardo Biagini.

 

Gabriela: E você já ouviu que hoje foi um grande dia para o Nordeste com a chegada da água do Rio São Francisco às torneiras dos moradores de Monteiro, na Paraíba.

 

Airton: Mas as obras de transposição do Velho Chico não são as únicas ações do governo para garantir que água chegue a quem mora no semiárido nordestino.

 

Gabriela: Uma delas é a Operação Carro-Pipa, realizada pelo Exército e pelo Ministério da Integração Nacional. Como ela, mais de 4 milhões de pessoas são beneficiadas, pessoas como a dona Maria Francelina da Conceição, cuja história vamos conhecer agora.

 

Repórter Natália Coslique: "O sertanejo, é antes de tudo, um forte". Essa frase, uma das mais conhecidas da literatura brasileira, foi escrita a mais de 110 anos atrás pelo escritor Euclides da Cunha no livro "Os Sertões". E um exemplo disso é a dona Maria Francelina da Conceição, de 83 anos, moradora do Barro Alto, no município pernambucano de Lagoa Grande. Ela conta da dificuldade que tinha até pouco atrás para buscar água.

 

Moradora do Barro Alto - Maria Francelina da Conceição: Era com a lata d'água na cabeça, e nada caia. Uma lata d'água e uma cabacinha na mão. Chegava aqui, despejava no pote, voltava de novo e ia buscar outro caminho para acabar de encher o pote. Era assim, naquela época no quando não tinha água, meu filho, 'nós tinha' que buscar o ano inteiro dentro desse mundo, dava 2 quilômetros daqui até lá.

 

Repórter Natália Coslique: Faz quase 20 anos que a Operação Carro-Pipa trabalha para amenizar o castigo que a falta de água já causou para do Maria e outros moradores do semiárido nordestino, com o apoio do Exército Brasileiro. Nesta semana o Ministério da Integração Nacional liberou mais de R$190 milhões para o projeto em diversos estados. O dinheiro vai ser destinado ao pagamento dos pipeiros, que ajudam o transporte de água potável. E quando a água chega, Maria fica em paz.

 

Moradora do Barro Alto - Maria Francelina da Conceição: Tendo água eu faço o meu cafezinho, faço uma coisinha para eu engolir. Daqui para esses tempos agora não vai demorar mais, não, São José vai mandar e Jesus Cristo está no céu, tá vendo tudo isso aqui que nós estamos sofrendo aqui.

 

Repórter Natália Coslique: Para que o município possa receber a Operação Carro-Pipa é necessário primeiro obter o reconhecimento federal de situação de emergência. Assim que o Exército faz os estudos técnicos, o município é incluído na operação e passa a receber água diariamente. A Operação Carro-Pipa atende mais de 4 milhões de pessoas em nove estados do Brasil e em 2017 a expectativa é que dos investimentos no programa somem mais de R$1 bilhão. Reportagem, Natália Coslique.

 

"Pois quero que o Senhor veja a lida da sertaneja".

 

Gabriela: 19h15 em Brasília.

 

Airton: Começou hoje o saque das contas inativas do FGTS para nascidos em janeiro e fevereiro.

 

Gabriela: Daqui a pouco vamos falar do atendimento aos milhares de trabalhadores que tem direito ao saque do benefício.

 

Airton: Uma simples ligação telefônica que pode salvar uma vida, assim funciona o CVV, o Centro de Valorizado da Vida.

 

Gabriela: O atendimento é feito por voluntários e ajuda milhares de pessoas, desestimulando, por exemplo a prática do suicídio.

 

Airton: Agora com o apoio do Ministério da Saúde, esse trabalho dos centros será gratuito e com um único número em todo o país.

 

"CVV, bom dia. Sim, podemos conversar".

 

Repórter José Luiz Filho: há 55 anos é assim que começam conversas telefônica que podem mudar a vida de quem está de outro lado da linha, este é o trabalho dos voluntários do CVV, o Centro de Valorização da Vida, uma associação civil, sem finos lucrativos, reconhecida como utilidade pública federal desde 1973. Uma instituição de apoio emocional para a prevenção de suicídios, algo preocupante no Brasil, como explica o diretor do CVV em São Paulo, Antônio Carlos Braga.

 

Diretor do CVV em São Paulo - Antônio Carlos Braga: Nós temos um suicídio a cada 35 minutos no Brasil. Este passo do Ministério da Saúde vai ao encontro de permitir a prevenção do suicídio no país.

 

Repórter José Luiz Filho: O ministro da Saúde, Ricardo Barros, visitou a sede do CVV em São Paulo para anunciar o acordo firmado entre o ministério e a associação para ampliar o serviço de atendimento telefônico. O convênio vai permitir a implantação de um número único para o CVV em todo o país, um avanço importante, segundo o ministro da Saúde.

 

Ministro da Saúde - Ricardo Barros: É um voluntariado muito efetivo. Continuaremos apoiando em outras demandas do CVV para que ele possa ampliar de forma muito significativa esse apoio que tão necessário em momentos de angústia, em momentos que as pessoas estão com um dilema sobre a vida.

 

Repórter José Luiz Filho: Com o acordo, quem procura ajuda de um voluntário do CVV e precisa pagar pela ligação poderá fazer isso gratuitamente pelo número 188. Com essa mudança, o Centro de Valorização da Vida espera aumentar de 1 milhão para 3 milhões por ano o número de atendimentos em todo a Brasil. Este avanço será possível não só pela gratuidade das ligações, mas porque o serviço também vai funcionar com uma tecnologia que permite aos voluntários atenderam chamadas de qualquer parte do país e não só da cidade onde estão. Reportagem, José Luiz Filho.

 

Gabriela: Duas mil armas brancas e 271 celulares, todo esse memorial foi encontrado em presídios onde foi realizada a Operação Varredura, pelas Forças Armadas.

 

Airton: O Ministério da Defesa vistoriou dez presídios de cinco estados que pediram apoio para conter a onda de violência no sistema carcerário.

 

Repórter Nasi Brum: Foram vistoriados os principais presídios da Amazônia, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Norte e Mato Grosso do Sul, além das armas brancas e celulares, foram encontrados 189 acessórios para celulares, entre eles baterias, 18 tabletes de entorpecentes, 45 trouxinhas de drogas e mais de 3 mil itens de posse proibida, como dinheiro e eletrodomésticos. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse que o prazo da Operação Varredura é de um ano, sendo importante que as autoridades estaduais e municipais continuem com as ações de vistoria. Participaram das dez primeiras operações, entre 17 de janeiro e 3 de março, cerca de 4 mil homens da Marinha e Exército, com o apoio de aparelhos de raio x, detectores de metais e cães farejadores. Esse trabalho das Forças Armadas tem um respaldo da garantia da lei e da ordem, regulamenta por um decreto presidencial em janeiro deste ano. Reportagem, Nasi Brum.

 

Gabriela: A inflação no país continua em trajetória de queda.

 

Airton: É, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, que mede a inflação oficial, caiu de janeiro para fevereiro deste ano.

 

Gabriela: No mês passado a inflação foi a mais baixa para os meses de fevereiro desde o ano 2000.

 

Repórter Nei Pereira: O resultado veio baixo do esperado por analistas do mercado financeiro, que previam uma alta de 0,38% em fevereiro. O desempenho representa uma queda de 0,05% em relação a janeiro. Contribuiu para esse índice a queda no preço dos alimentos e bebida. As passagens áreas também ficaram 12% mais baratas no mês passado. Quem vai aos supermercados já sente que as mercadorias estão mais acessíveis.

 

Entrevistada: Diminuiu, algumas coisas, verdura, mas, material de limpeza, esses negócios, não. Os legumes e verduras, sim.

 

Entrevistado: O leite, as frutas, verduras, o preço está melhor.

 

Entrevistada: Eu consegui perceber só o filé. Na carne eu consegui perceber algumas promoções.

 

Repórter Nei Pereira: E o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, o Ipea, apresentou hoje um estudo que mostra que a inflação deve cair ainda mais neste e no próximo ano. Isso deve ocorrer pelo consumo ainda moderado das famílias, pelas reformas que o governo vem promovendo e também pela desaceleração prevista nos preços dos alimentos, é o que comenta a pesquisadora do Ipea, Maria Andréia Lameiras.

 

Pesquisadora do Ipea - Maria Andréia Lameiras: O resto do ano nesse ramo dos alimentos as perspectivas são muito boas. A gente já começou a colher safras, e são safras maiores do que as que tiveram em 2016. Agora começou o plantio no hemisfério Norte e a área plantada lá também está sendo maior do que foi em 2016. Os meteorologistas não estão prevendo para este ano nenhum fenômeno climático, né? Então, o que é que acontece? A gente não vê nenhuma pressão no ramo de alimentos.

 

Repórter Nei Pereira: A inflação acumulada dos últimos 12 meses também desacelerou e chegou o 4,7%, ficando próxima da meta do Banco Central, de 4,5%. Reportagem, Nei Pereira.

 

Gabriela: 19h21 em Brasília.

 

Airton: Hoje foi o primeiro dia de saque do FGTS de contas inativas para quem nasceu em janeiro e fevereiro.

Gabriela: Lá na Paraíba o Presidente Michel Temer comentou essa medida que tem o objetivo de aquecer a nossa economia.

 

Presidente da República - Michel Temer: Nós liberamos as contas inativas, que vão injetar na economia R$41 bilhões. E olha, só para dar o exemplo a vocês, até às 11h abriu-se o saque dessas contas às 9h. Às 11h, 300 mil pessoas haviam sacado o Fundo de Garantia num total correspondente a R$300 milhões. Hoje à tarde esses R$300 milhões já estão circulando pela economia brasileira.

 

Airton: A repórter Gabriela Noronha foi cedinho a uma agência aqui em Brasília acompanhar o atendimento aos trabalhadores e a ansiedade de quem nem esperava receber um dinheirinho extra na conta.

 

Repórter Gabriela Noronha: Hoje o dia começou bem para o brasiliense Elvis Clei Pereira.

 

Entrevistado - Elvis Clei Pereira: Acordei bem cedo hoje, né? Na base de 5h15 mais ou menos, estava com uma boa expectativa para o dia ser maravilhoso hoje com essa notícia boa.

 

Repórter Gabriela Noronha: A felicidade do vigilante tem um motivo, ele está entre os trabalhadores que já podem sacar o FGTS de contas inativas. Elvis não deixou para a última hora e foi um dos primeiros a chegar na agência da Caixa, em Brasília, nessa sexta-feira. O atendimento foi rápido e o dinheiro ele conta que já tem destino certo.

 

Entrevistado - Elvis Clei Pereira: Tá vindo um menino, um filho aí agora, né? O segundo, né? E já ajuda também para comprar as coisas. E vai ajudar bastante, sim, no orçamento.

 

Repórter Gabriela Noronha: Assim como o Elvis, outros 5 milhões de trabalhadores têm direito ao saque neste primeiro momento. Pode fazer o saque em teve contratos de trabalho encerrados até 31 de dezembro de 2015. O saldo das contas inativas pode ser consultado por aplicativo, site da Caixa ou agências da instituição, como explica Henrique José Santana, superintendente nacional do Fundo de Garantia.

 

Superintendente nacional do Fundo de Garantia - Henrique José Santana: Eles podem saber qual é a melhor data para ele comparecer aos canais do pagamento e podem saber, inclusive, qual é o melhor local que ele tem que se dirigir. Além disso, a Caixa disponibilizou um serviço especial no 0800. O 0800-726-2017 atende a esses trabalhadores. Os correntistas da Caixa ainda têm outra facilidade, a Caixa já acreditou nas contas de poupança de todos os titulares que são correntistas, né, poupadores na Caixa Econômica.

 

Repórter Gabriela Noronha: O pagamento das cerca de 50 milhões de contas inativas seguirá um calendário específico que leva em conta o mês de aniversário do trabalhador e se encerra em 31 de julho de 2017. Reportagem, Gabriela Noronha.

 

Gabriela: E para você que quer consultar o saldo na internet o endereço é: caixa.gov.br.

 

Airton: E, atenção, nesse primeiro o saque vale somente para os nascidos em janeiro e fevereiro.

 

Gabriela: É, quem nasceu nos meses seguintes precisa consultar o calendário de pagamento que está na nossa página do Facebook: facebook.com/avozdobrasiloficial.

 

Airton: É bom lembrar também que amanhã, sábado, mais de 1.800 agências abrem as portas para atender aos trabalhadores.

 

Gabriela: Já na próxima segunda e terça todas as agências vão abrir duas horas mais cedo, portanto, a partir das 9h.

 

Airton: Essas foram as notícias do Governo Federal.

 

Gabriela: Fique agora com as notícias do Poder Judiciário e do Congresso Nacional. Uma boa noite e um bom final de semana.

 

Airton: Boa noite para você e até segunda.