AGU BRASIL - 21/09/17

A Advocacia-Geral da União (AGU) comprovou na Justiça que não cabe à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) regulamentar e fiscalizar o aplicativo Uber. A AGU também confirmou, no Tribunal Superior do Trabalho (TST), que o nome de empresa deve permanecer na “lista suja” do trabalho escravo, publicada pelo Ministério do Trabalho, por pelo menos dois anos, mesmo que tenha adotado medidas para regularizar a situação. No AGU Explica, vamos conhecer a lei que trata dos direitos dos usuários no serviço público. A produção é da ASCOM da AGU.

audio/mpeg 21-09017 - AGU BRASIL N.1590 - 7M51S.mp3 — 14722 KB

Duração: 7min51seg