AGU BRASIL 26/04/17

A Advocacia-Geral da União (AGU) comprovou a responsabilidade da Salobo Metais pelos danos ambientais causados por tombamento de caminhão que carregava frutas e legumes para o alojamento da mineradora na Floresta Nacional de Carajás, no Pará. A atuação da Procuradoria-Geral do Banco Central (PGBC) em 2016 representou saldo positivo de R$ 26,7 bilhões aos cofres públicos. E A AGU obteve sentença favorável em ação ajuizada por particular para anular auto de infração lavrado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) por pesca ilegal de uma tonelada no entorno do Parque Nacional do Cabo Orange, no Pará. A produção é da ASCOM da AGU

audio/mpeg AGU BRASIL N.14384 26042017.mp3 — 5798 KB