AGU BRASIL 10/10/17

A Advocacia-Geral da União (AGU) comprovou que os cubanos que participam do Mais Médicos e desejam ser contratados diretamente pelo governo brasileiro devem validar os diplomas no país e participar do processo seletivo do programa como qualquer outro profissional. A Advocacia-Geral obteve, no TRT da 3ª Região, bloqueio de R$ 53 mil de empresa terceirizada para futuro pagamento de verbas devidas a empregados que prestam serviços à Superintendência do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). E no AGU Explica de hoje, o assunto é sufrágio. A produção é da ASCOM da AGU.

audio/mpeg AGU BRASIL N.1602 10102017.mp3 — 17411 KB