Ministério da Saúde liberou mais de R$ 31 milhões para incentivar ações de alimentação e nutrição nos serviços de Atenção Primária

A repórter Cleide Lopes entrevistou o Coordenador-Geral substituto de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Eduardo Nilson, sobre o assunto

audio/mpeg 02-09-19 - CONVERSA SÉRIA ALIMENTACAO SAUDAVEL.mp3 — 14229 KB

Duração: 35s




Transcrição

O Ministério da Saúde liberou mais de R$ 31 milhões de reais para incentivar ações de alimentação e nutrição nos serviços de Atenção Primária.

 

Deste total, cerca de R$ 24 milhões de reais são para para custeio dos serviços em 1.259 municípios do país, alcançando a cerca de 158 milhões de pessoas, além de R$ 7 milhões e 300 mil reais para compra de equipamentos.

 

Os recursos são destinados às ações de promoção da alimentação saudável e prevenção de doenças como sobrepeso, obesidade, desnutrição e anemia, além de qualificar equipes de profissionais que atuam na área.

 

 

A repórter Cleide Lopes entrevistou o Coordenador-Geral substituto de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Eduardo Nilson, sobre o assunto.