Para ajudar as pessoas que buscam refúgio no Brasil, o governo federal lançou uma Cartilha de Informações Financeiras para Migrantes e Refugiado

O coordenador geral do Bernardo Laferte, Comitê Nacional para Refugiados do ministério da Justiça, Bernardo Laferté, explica à jornalista Rosamélia de Abreu como a cartilha tira dúvidas sobre o sistema financeiro brasileiro.

audio/mpeg 08-11-19 - CONVERSA SÉRIA - CARTILHA REFUGIADOS.mp3 — 5302 KB

Duração: 3m45s




Transcrição

Para ajudar as pessoas que buscam refúgio no Brasil, o governo federal lançou uma Cartilha de Informações Financeiras para Migrantes e Refugiados.

 

 

A iniciativa é do Ministério da Justiça e Segurança Pública, o Banco Central e a Agência da ONU para Refugiados

 

A cartilha dá orientações sobre como abrir uma conta bancária, realizar operações de câmbio, enviar e receber recursos do exterior e contratar operações de crédito.

 

Além disso, ensina a reconhecer os elementos de segurança das cédulas de Real e explica quais tarifas podem ser cobradas pelos bancos e como funciona o Sistema Financeiro Nacional.

 

 

O coordenador geral do Bernardo Laferte, Comitê Nacional para Refugiados do ministério da Justiça, Bernardo Laferté, explica à jornalista Rosamélia de Abreu como a cartilha tira  dúvidas sobre o  sistema financeiro brasileiro.