Mais de 60 mil poupadores já se cadastraram para aderir ao acordo relacionado às perdas sofridas em planos econômicos

O pagamento dos prejuízos poderá injetar R$ 12 bilhões de reais na economia. O jornalista Rafael Gasparotto entrevistou a Advogada-geral da União, Gracie Mendonça, sobre o assunto

audio/mpeg 26-09-18 CONVERSA SÉRIA PLANOS ECONÔMICOS.mp3 — 8383 KB

Duração: 8m56s




Transcrição

Mais de 60 mil poupadores já se cadastraram na plataforma digital criada para quem deseja aderir ao acordo relacionado às perdas sofridas em planos econômicos das décadas de 1980 e 1990.

De acordo com estimativas da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a expectativa é de que até 3 milhões de pessoas possam ser beneficiadas com o acerto entre instituições financeiras e os depositantes. São cerca de um milhão de ações na Justiça envolvendo o tema. O pagamento dos prejuízos poderá injetar R$ 12 bilhões de reais na economia ao longo de pouco mais de dois anos. O jornalista Rafael Gasparotto entrevistou a Advogada-geral da União, Gracie Mendonça, sobre o assunto.