PF inaugura primeira Delegacia Modelo de Investigação e Análise Financeira do país

A unidade será voltada ao combate de crimes financeiros e a corrupção e fará parte da Superintendência Regional da Polícia Federal no Paraná; Enem aplica primeira prova neste domingo; CNI divulga Indicadores Industriais de setembro; Delegações do Mercosul apresentam propostas para produtos dos agricultores familiares;

audio/mpeg 01-11-19 - ZE CARLOS ANDRADE - E NOTICIAS EM 2 MINUTOS.mp3 — 1785 KB

Duração: 1:54S




Transcrição

 

Será inaugurada nesta sexta-feira (1º), pela Polícia Federal (PF), a primeira Delegacia Modelo de Investigação e Análise Financeira do país. A unidade será voltada ao combate de crimes financeiros e a corrupção e fará parte da Superintendência Regional da Polícia Federal no Paraná

O projeto foi idealizado para que a delegacia modelo possa institucionalizar boas práticas de investigação, com uma atuação menos burocrática e com mais integração e efetividade no uso dos recursos investigativos.

A delegacia terá laboratório em parceria com os peritos e outras áreas de inovação da PF para o desenvolvimento e emprego de novas tecnologias nas áreas de Big Data e Business Intelligence, que contribuem na velocidade e na qualidade das análises policiais nos casos complexos de repressão à corrupção, crimes financeiros e lavagem de dinheiro.

………………………

Neste domingo (3) será aplicada a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em mais de 1 mil e 700 cidades de todo o país.

 

O exame segue no próximo domingo (10). Quase 5 milhões de candidatos estão inscritos na edição deste ano.

 

Desses, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 2 milhões e 400 mil, o que representa quase metade do total, farão a prova pela primeira vez.

...............................

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgará nesta sexta-feira, 1º de novembro, os Indicadores Industriais de setembro.

A pesquisa mensal mostra a evolução do faturamento, das horas trabalhadas na produção, da utilização da capacidade instalada, do emprego, da massa real de salários e do rendimento médio do trabalhador da indústria de transformação.

O levantamento também traz informações sobre 21 setores da indústria de transformação.

 

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, José Carlos Andrade