Defesa Civil Nacional apoia vítimas de deslizamento de terra em Niterói

Desabrigados estão sendo alojados em escolas e vão receber aluguel social, até conseguirem novas moradias; Simpósio sobre Amazônia Azul tem como tema "Patrimônio brasileiro a preservar e proteger" e está sendo realizado em Brasília; Escola do Trabalhador teve mais de 395 mil pessoas matriculadas desde que foi lançada em novembro de 2017.

audio/mpeg 01211-18 - É NOTICIA 2 MIN - SERGIO VIEIRA - MANHA.mp3 — 1944 KB

Duração: 2:04




Transcrição

A Defesa Civil Nacional está prestando apoio às famílias vítimas de deslizamento de terra em Niterói, no Rio de Janeiro. 

Os desabrigados estão sendo alojados temporariamente em escolas da cidade, e vão receber o aluguel social, atéconseguirem novas moradias.

O apoio foi um pedido do presidente da República, Michel Temer.

Quinze mortes já foram confirmadas no desabamento do Morro da Boa Esperança . 

 

 

xxxxxxxxxxxx

 

 Um Simpósio sobre a Amazônia Azul com o tema: “Patrimônio brasileiro a preservar e proteger” será realizado nesta segunda-feira, 12 de novembro, em Brasília.
Na programação, estão debates sobre Pesquisas Científicas, esforços brasileiros para conhecer melhor os recursos, o potencial da Amazônia Azul e o Contexto Oceanopolítico 
do Atlântico Sul. O evento é aberto para alunos de graduação e pós-graduação, membros da comunidade acadêmica, militares e interessados no tema.
xxxxxxxx
A Escola do Trabalhador, plataforma de educação à distância do Ministério do Trabalho, já teve mais de 395 mil pessoas matriculadas desde que foi lançada, em novembro do ano passado. O projeto do Ministério do Trabalho é desenvolvido em parceria com a UnB, a Universidade de Brasília. Por meio de acordo com o Ministério da 
Segurança Pública, o programa também está sendo levado ao sistema penitenciário do País. Até 2019, o Ministério do Trabalho espera oferecer 50 cursos por meio 
da Escola do Trabalhador, atendendo a 6 milhões de pessoas. 

Os interessados podem acessar o site escola.trabalho.gov.br

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Sérgio Vieira