Bolsonaro faz reunião ministerial para discutir medidas que devem ser implementadas

A intenção é definir atos que desburocratizem e melhorem a qualidade de vida dos cidadãos; Polícia Rodoviária Federal diz que neste feriado diminuiu acidentes nas estradas; Bolsonaro se reúne com diretor-geral da OMC.

audio/mpeg 03-01-18 - É NOTICIA 2 MINUTOS MANHÃ - SUZETE CALDERON.mp3 — 1830 KB

Duração: 1:57s




Transcrição

O presidente da República Jair Bolsonaro se reúne, nesta quinta-feira, dia 3, com o Conselho de Ministros, no Palácio do Planalto. A reunião ministerial ocorre logo após toda a equipe anunciar as prioridades e indicar as ações de suas áreas. Antes de assumir o governo, Bolsonaro avisou que a intenção é definir atos que desburocratizem e melhorem a qualidade de vida dos cidadãos. De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni,o objetivo da reunião é discutir as primeiras medidas que devem ser implementadas.

Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Segundo dados divulgados nesta quarta-feira, dia 2, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), o número de acidentes nas estradas do país teve uma queda de 30% , com 20% no número de mortes. De acordo com a Operação Ano Novo da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que terminou nesta segunda-feira, dia 1º, houve aumento nas autuações relacionadas a condutas consideradas perigosas, como casos do embriaguez ao volante e ultrapassagens indevidas.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

O presidente Jair Bolsonaro se reúne nesta quinta-feira, 3, com o diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), embaixador brasileiro Roberto Azevêdo.

 

Bolsonaro pretende ampliar o comércio do Brasil com os Estados Unidos, Israel e países vizinhos. Após a posse, o presidente da República se reuniu com representantes de vários países, incluindo Japão e Portugal, que também têm interesses comerciais com o Brasil.

 

Durante a transmissão de posse, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, condenou o que classifica de "globalismo" na política externa e a forma como os acordos comerciais vêm sendo conduzidos.

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Suzette Calderon