Mercado de trabalho formal cresce 5% no Brasil

Ao todo, 4 milhões e 900 mil trabalhadores brasileiros e 85 mil estrangeiros foram registrados pelos empregadores; Governo Federal está investindo R$ 3 milhões para fortalecer a agricultura familiar e estimular o desenvolvimento regional na região do Tapajós, no Pará; Agricultores indígenas celebram a Festa da Colheita.

audio/mpeg 05-02-19 - E NOTICIA 2 MIN - SUZETTE - MANHA.mp3 — 2154 KB

Duração: 2:17s




Transcrição

Subiu em 5% em 2018 em comparação ao ano anterior a quantidade de pessoas que tiveram a carteira de trabalho (CTPS) assinada. Ao todo, 4 milhões e 900 mil trabalhadores brasileiros e 85 mil estrangeiros foram registrados pelos empregadores, segundo dados divulgados pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.


A maior parte dos registros ocorreu em São Paulo, onde 1 milhão e 200 mil carteiras foram emitidas. Em seguida, aparecem nesta ranking Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia e Paraná. Contudo, Roraima foi o estado que apresentou o maior aumento proporcional, com um salto de 115% nas carteiras assinadas.


XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


O Governo Federal está investindo R$ 3 milhões para fortalecer a agricultura familiar e estimular o desenvolvimento regional na região do Tapajós, no Pará. Desde o último mês, pequenos produtores de frutas e hortaliças nos municípios de Santarém, Belterra e Mojuí dos Campos passaram a dispor de câmaras de esfriamento e congelamento em uma fábrica de polpas e derivados.


A iniciativa é fruto da parceria entre a Universidade Federal do Oeste do Pará e o Ministério do Desenvolvimento Regional. A nova estrutura vai possibilitar o processamento e estoque de 50 toneladas de polpas e de frutas durante todo o ano, inclusive nos períodos de entressafra.


A expectativa é que mais de 5.000 famílias sejam beneficiadas direta e indiretamente com a ação.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


O primeiro encontro do Grupo de Agricultores Indígenas vai acontecer na próxima quarta-feira, dia 13 de fevereiro, na Terra Indígena Utiariti, na aldeia Bacaval, do povo Paresi. Foram convidados para o evento, que tem por objetivo celebrar a Festa da Colheita, além do presidente da Funai, Franklimberg de Freitas, os ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles; da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina; e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.


Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Suzette Calderon