Presidente Bolsonaro quer manter relações comerciais com o Irã

E mais: Pesquisa mostra que brasileiros lêem pouco; Ministério da Saúde alerta população para combate ao Aedes durante as chuvas

audio/mpeg 07-01-20 - MARIA VILHENA - E NOTICIA EM 2 MIN - - JF.mp3 — 1737 KB

Duração: 1m51s




Transcrição

Dia 7 de janeiro é dia de livro. Aqui no Brasil, quase metade da população não lê com frequência. Entre os motivos, estão a falta de tempo e de paciência para ler.

Os dados são do Instituto Pró-Livro. De acordo com a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, apesar da queda nos índices de analfabetismo do país, 44% dos brasileiros com mais de 5 anos de idade não são leitores. Isso quer dizer que não leram nenhum livro nos últimos três meses.

.........

O Ministério da Saúde convoca a população para continuar a mobilização no combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

O Aedes Aegypti transmite vírus que podem causar também microcefalia e a síndrome de Guillain-Barré, que ataca o sistema nervoso e causa perda dos movimentos.

Com as chuvas do verão, aumenta a quantidade de mosquitos, aumentando também o risco de transmissão das doenças.

No site www.saude.gov.br, você encontra todas as informações para combater o Aedes.

........

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira que quer manter relações comerciais com Irã. Bolsonaro disse que vai aguardar o retorno do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, ao Brasil antes de tomar qualquer medida. 

O país do Oriente Médio convocou representantes de negócios do Brasil em Teerã após nota do Itamaraty sobre o assassinato do general Qassem Soleimani por forças dos Estados Unidos, no aeroporto de Bagdá.

Em nota, o Itamaraty apoiou o que chama de luta contra o flagelo do terrorismo.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília,