Cartilha com informações financeiras para migrantes e refugiados foi lançada nesta quinta-feira

O documento traz orientações sobre como abrir uma conta bancária, realizar operações de câmbio; Militares do Exército vão integrar a Operação Acolhida, em Roraima; Pesquisa do Sebrae mostra que donos de micro empresas estão otimistas com economia do país.

audio/mpeg 07-11-19 - AMERICA - E NOTICIAS EM 2 MINUTOS - MANHA - 2m01S.mp3 — 3752 KB

Duração: 2:00s




Transcrição

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, o Banco Central e Acnur - Agência das Nações Unidas para Refugiados lançam, nesta quinta-feira, a Cartilha de Informações Financeiras para Migrantes e Refugiados.

 

O documento traz orientações sobre como abrir uma conta bancária, realizar operações de câmbio, enviar e receber recursos do exterior e contratar operações de crédito.

 

Além disso, ensina a reconhecer os elementos de segurança das cédulas de Real, explica quais tarifas podem ser cobradas pelos bancos e como funciona o Sistema Financeiro Nacional.

 

A cartilha será distribuída em locais onde há grande fluxo de migrantes e refugiados.

………………

 

Os militares do Exército que vão integrar a Operação Acolhida, em Roraima, participaram nesta quinta-feira, na Vila Militar, no Rio de Janeiro, da solenidade de preparação para a missão.

 

Cerca de 600 militares que fazem parte do Comando Militar do Leste vão integrar a operação humanitária que acolhe e interioriza refugiados venezuelanos. Ele embarcam no próximo dia 20.

 

Além do Exército, fazem parte da Operação Acolhida a Marinha, a Força Aérea Brasileira, o Acnur – Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, vários ministérios, organizações não governamentais, além de secretarias e órgãos estaduais e municipais.

……………….

 

O Estudo Sondagem Conjuntural do Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, relativo a setembro, mostra que os donos de micro e pequenas empresas estão mais otimistas com relação à economia.

 

O percentual daqueles que acreditam na melhoria do cenário econômico cresceu de 56% em agosto para 59%, em setembro.

 

Seis em cada 10 empresários, ou 58%, têm planos de investir no próprio negócio em 12 meses.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, América Melo