Brasil vai importar 750 mil toneladas de trigo por ano com alíquota zero

A medida foi aprovada em reunião do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, por prazo indeterminado; Codevasf realizou audiência pública em Piritiba, na Bahia, na região da Chapada Diamantina, para divulgar ações da empresa; Inep convoca os profissionais aptos e capacitados pela Rede Nacional de Certificadores, para atuar no Enem.

audio/mpeg 07-11-19 - MARIA VILHENA - E NOTICIAS EM 2 MINUTOS - TARDE.mp3 — 2657 KB

Duração: 1m53s




Transcrição

Brasil vai importar 750 mil toneladas de trigo por ano com alíquota zero.

A medida foi aprovada em reunião do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, por prazo indeterminado.

O colegiado é presidido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes e composto por representantes dos ministérios da Economia, da Agricultura, das Relações Exteriores e da Casa Civil da Presidência da República.

-----------------------------------------------------------

A Codevasf realizou audiência pública em Piritiba, na Bahia, na região da Chapada Diamantina, para divulgar ações da empresa.

O número de municípios atendidos subiu de 27 para 147, aumentando a responsabilidade da Companhia numa área de 206 mil quilômetros, com quatro milhões e meio de habitantes.

A ação faz parte do projeto “Codevasf perto de você”, desenvolvido pela superintendência regional.

O cronograma de visitas para 2020 já está sendo preparado e os trabalhos deverão começar no início do ano.

Saiba mais acessando codevasf.gov.br.

------------------------------------------------------------

Profissionais que fazem parte da Rede Nacional de Certificadores para atuar no Enem estão sendo convocados para a segunda etapa do exame, que acontecerá no próximo domingo, dia 10.

Os selecionados representam o Inep, organizador do exame, nos locais de aplicação das provas em todo o Brasil.

Os certificadores são servidores públicos federais e professores das redes públicas estadual e municipal selecionados e capacitados para verificar e certificar vários procedimentos do exame.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Maria Vilhena.