SUS oferta novos medicamentos para esclerose múltipla e degeneração macular

E mais: Começa o prazo para alistamento militar obrigatório

audio/mpeg 08-01-19 - ANA PIMENTA - É NOTÍCIA 2 MINUTOS - TARDE - PM.mp3 — 1777 KB




Transcrição

  • Pacientes com degeneração macular relacionada à idade terão novos tratamentos gratuitos pelo SUS. O Ministério da Saúde inclui na lista de oferta o medicamento antigiogênico e o exame de tomografia de coerência ótica. Os dois procedimentos são importantes para detectar precocemente a doença e tratar os casos confirmados, impedindo a evolução da doença. A degeneração macular atinge a parte central da retina, chamada de mácula, que é responsável pela formação de imagens. Saiba mais em saude.gov.br

 

  • E o Ministério da Saúde também ampliou a oferta de medicamentos do SUS para pacientes com esclerose múltipla remitente recorrente. O medicamento glatirâmer na versão de 40 miligramas será distribuído gratuitamente aos pacientes. Atualmente, apenas a versão de 20 mg está disponível. A esclerose múltipla afeta o sistema neurológico, podendo causar perda parcial ou total dos movimentos.

 

  • Começou o prazo para o alistamento no serviço militar obrigatório. Os jovens brasileiros que nasceram em 2001 devem fazer o registro no endereço alistamento.eb.mil.br. A medida vale para as pessoas do sexo masculino, sejam elas cis ou transgêneros. O prazo vai até dia 28 de junho. Quem estiver irregular com o serviço militar fica impedido de assumir cargo público, tirar passaporte e se matricular em instituições de ensino, por exemplo.