Termina nesta sexta-feira prazo para que pré-selecionados no Fies complementem a inscrição

Para garantir a vaga, o candidato deve prestar informações como nome do fiador, caso seja necessário, e o percentual de financiamento; Anatel autoriza aumento das tarifas nos telefones fixos; MEC quer criar 108 escolas militares e 4 mil creches.

audio/mpeg 12-07-19 - É NOTICIA 2 MINUTOS - SUZETTE - MANHÃ.mp3 — 1965 KB

Duração: 0:46




Transcrição

Termina, nesta sexta-feira dia 12, o prazo para que os candidatos pré-selecionados no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) complementem a inscrição no site: fies.mec.gov.br .

Para garantir a vaga, o candidato deve prestar informações como nome do fiador, caso seja necessário, e o percentual de financiamento.

A relação com os nomes pré-selecionados já está disponível no site do programa.

Caso o candidato perca o prazo, as vagas ficarão disponíveis na lista de espera para todos os candidatos não contemplados na primeira fase.

..............................................

Os telefones fixos vão sofrer aumento no preço das tarifas que vão variar de 0,7% a 6,76%, dependendo da empresa, para os mais de 38 milhões de telefones fixos em funcionamento. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou o reajuste dos planos básicos de telefonia fixa pelas concessionárias do serviço (Oi, Telefônica, Claro, Sercomtel e Algar).

...................................

Implementar 108 escolas cívico-militares até 2023. Essa é uma das ações previstas no Compromisso Nacional pela Educação Básica, documento apresentado nesta quinta-feira (11), em Brasília. Ele reúne ações que estão sendo planejadas para serem implementadas até o fim do atual governo.

Além das escolas militares, a intenção é dar celeridade à conclusão de mais de 4 mil creches até 2022; conectar mais de 6 mil escolas rurais por meio de satélite em banda larga em todos os estados; e ofertar cursos de ensino a distância para melhorar a formação de professores, até 2020, entre outras ações.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Suzette Calderon