Bolsonaro faz primeira reunião ministerial com equipe completa

Os 22 ministros já indicados deverão estar presentes, na residência oficial da Granja do Torto, utilizada por Bolsonaro quando está em Brasília; Sisu vai ofertar 235.476 vagas em 129 instituições de todo o País; Paulo Guedes pretende horizontalizar os impostos; Dos mais de três milhões de brasileiros, com 19 anos, dois milhões concluíram o ensino médio.

audio/mpeg 18-12-18 - E NOTICIA 2 MIN - SUZETTE - MANHA.mp3 — 2188 KB

Duração: 2:20s




Transcrição

 

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, fará nesta quarta-feira (19) a primeira reunião ministerial com sua equipe completa. Os 22 ministros já indicados deverão estar presentes, na residência oficial da Granja do Torto, utilizada por Bolsonaro quando está em Brasília.

A pauta da reunião não foi divulgada pela assessoria da equipe de transição. A princípio será o único compromisso do presidente eleito na capital federal nesta semana. A expectativa é que ele chegue a Brasília na quarta-feira e volte no fim do dia para o Rio de Janeiro.

Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

O processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), em sua primeira edição de 2019, vai ofertar 235.476 vagas, em 129 instituições de todo o País. As inscrições serão feitas exclusivamente pelo site do Sisu, de 22 a 25 de janeiro de 2019.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta segunda-feira, 17, que pretende horizontalizar os impostos, acabando com isenções e subsídios, cortando inclusive verbas do Sistema S, que deve sofrer redução em torno de 30%, podendo chegar a 50% dos repasses.

O futuro ministro disse que também é necessário fazer uma reforma do Estado e garantir um novo eixo de governabilidade, com a retomada do pacto federativo, e “corrigir a hipertrofia do governo federal”.

Guedes disse que uma das prioridades do novo governo é a reforma da Previdência, que deverá incluir um sistema de capitalização “para garantir as gerações futuras”.

Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Um levantamento mostra que, dos mais de três milhões de brasileiros com 19 anos, dois milhões concluíram o ensino médio. O número representa 63,5% do total. Os dados são do movimento Todos Pela Educação, com base em informações do (IBGE).

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Suzette Calderon