Projeto Em Frente Brasil terá apoio da Força Nacional de Segurança Pública

O Programa de Enfrentamento à Criminalidade Violenta vai contar com apoio da Força Nacional de Segurança Pública nas ações de combate ao crime nos estados de Goiás, Pernambuco, do Pará, Espírito Santo e Paraná.

audio/mpeg 22-08-19 - E NOTICIA EM 2 MINUTOS - MANHÃ - AMERICA MELO.mp3 — 5241 KB

Duração: 2:14s




Transcrição

O Programa Nacional de Enfrentamento à Criminalidade Violenta (projeto Em Frente Brasil) terá o apoio da Força Nacional de Segurança Pública nas ações de combate ao crime nos estados de Goiás, Pernambuco, do Pará, Espírito Santo e Paraná.

As portarias assinadas pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, autorizando a medida estão publicadas no Diário Oficial da União desta quinta-feira (22). As equipes deverão atuar nas capitais e cidades da região metropolitana.

………………………………

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.181 da Mega-Sena, realizado nessa quarta-feira dia (21) em São Paulo. A Caixa Econômica Federal deve pagar 35 milhões de reais no próximo sorteio, que ocorre no sábado dia (24).

As dezenas sorteadas nessa quarta-feira foram: 01-08-19-33-36-48.

No mesmo concurso, a Quina saiu para 138 apostas, que vão levar 19 mil e 770 reais. Um total de 8 mil 329 ganhadores acertaram a quadra e vão receber 468 reais e 15 centavos.………………..

 

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou a liberação de 1 milhão e 400 mil reais para ações de resposta e prevenção de desastres naturais em Sergipe e nos municípios de Celso Ramos (SC) e Duartina (SP).

 

As Portarias foram publicadas na edição desta quarta-feira (21) do Diário Oficial da União.

…………………….

 

A partir desta quinta-feira dia (22), as crianças de seis meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas contra o sarampo em todo o país. Segundo o Ministério da Saúde, a vacinação é preventiva e deve alcançar 1 milhão e 400 mil crianças, que não receberam a dose extra, chamada de dose zero, além das previstas no Calendário Nacional de Vacinação, aos 12 e 15 meses.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, América Melo