Seiscentas unidades habitacionais estão sendo entregues nesta sexta-feira, em Manguinhos, no Rio

Os residenciais Mandela de Pedra I e II vão beneficiar aproximadamente duas mil e quatrocentas pessoas.

audio/mpeg 23-08-19 - E NOTICIA EM 2 MINUTOS - TARDE - AMERICA.mp3 — 4635 KB

Duração: 2m28s




Transcrição

Seiscentas unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida estão sendo entregues em Manguinhos, no Rio de Janeiro.

Os residenciais Mandela de Pedra I e II vão beneficiar aproximadamente duas mil e 400 pessoas.

As casas têm cerca de 44 metros quadrados, avaliadas em 96 mil reais.

Atendendo às exigências de qualidade do programa, os residenciais têm infraestrutura completa, com pavimentação, drenagem, iluminação pública, rede de energia, urbanização, água e esgoto.

  

****************************************************************

Embarcações pesqueiras que já têm o requerimento de renovação de Registro vão ter as autorizações de pesca prorrogadas por 240 dias. 

De acordo com a instrução normativa, os proprietários ou armadores terão de cumprir as exigências previstas no Programa Nacional de Rastreamento de Embarcações Pesqueiras por Satélite.

Deverão ainda apresentar mapa de bordo, comprovar pagamento da taxa de registro e respeitar as regras de atuação e períodos de defeso das espécies.

Em caso de dúvidas, os interessados podem procurar a Secretaria de Aquicultura e Pesca, sediada em Brasília, ou representação nas Superintendências Federais de Agricultura nos estados e no Distrito Federal.

As instruções também estão disponíveis no site agricultura.gov.br

 

********************************************************

Cooperativas médicas da Bahia estão sendo investigadas pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

As entidades são acusadas de supostas práticas anticompetitivas e de estabelecerem preços fora da realidade local.

De acordo com as denúncias, os profissionais cooperados mantinham o credenciamento com as operadoras de planos de saúde apenas para consultas.

Quando se constatava necessidade de realizar qualquer procedimento cirúrgico, o paciente era informado que sua operadora não cobria os serviços e que seria necessário realizar pagamento pelas cirurgias. 

Ao final da instrução, a Superintendência Geral do Cade opinará pela condenação ou arquivamento e remeterá o caso para julgamento pelo Tribunal Administrativo do Cade, responsável pela decisão final.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, América Melo.