Brasil bate recorde no número de transplantes de órgãos

audio/mpeg 28-09-18 - É NOTÍCIA EM 2 MIN - ROSAMELIA - MANHA.mp3 — 1752 KB

Duração: 1m54s




Transcrição

O Brasil bateu recorde em número de transplantes de órgãos.

 

O número de doações cresceu 7 % de janeiro a junho deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. 

No total, foram mil 765 doadores efetivos. 

O aumento fez subir o número de transplantes de fígado, pulmão e coração, além de medula óssea. Os dados são do ministério da Saúde

 

xxxx

 

 

Em 2018, o Brasil deve realizar 26 mil e 400 transplantes. Desse total, 8 mil 690 serão órgãos sólidos, como coração, fígado, pâncreas, pulmão, rim e pâncreas .

 

O número é recorde em comparação aos últimos oito anos.

 

Os transplantes de córnea, no entanto, devem cair. 

Isso se deve à redução da lista de espera em alguns estados.

Nos últimos três meses, os estados do Amazonas, Ceará, Goiás, Pernambuco e Paraná conseguiram zerar a lista de espera

 

xxxx

As companhias aéreas comerciais e a Força Aérea Brasileira são grandes parceiras do Governo Federal no processo de transplante de órgãos .

 

As companhias de aviação civil transportaram, entre junho de 2016 até junho deste ano, 9 mil 236 órgãos sólidos, coração, fígado, pâncreas, rim e pulmão e tecidos.

 


Já a FAB transportou entre junho de 2016 a junho deste ano, 513 órgãos sólidos (coração, fígado, pâncreas, rim e pulmão) e tecidos.