Mais de 58% dos recursos dos Fundos Constitucionais de Financiamento foram para mini, micro e pequenos empreendedores e produtores

A informação foi divulgada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional

audio/mpeg 01-12-19 - AMÉRICA MELO - FUNDOS CONSTITUCIONAIS.mp3 — 1693 KB

Duração: 1m48s




Transcrição

Mais de 58% do volume de recursos distribuídos pelos Fundos Constitucionais de Financiamento do Norte, o FNO, do Nordeste, FNE, e do Centro-Oeste, FCO, foram destinados a mini, micro e pequenos empreendedores e produtores dessas regiões.

 

 

Até o primeiro trimestre, o valor alcançou 13 bilhões e 820 milhões de reais do total dos mais de 22 bilhões de reais destinados ao fomento da economia.

 

 

Somados a outros 7 bilhões de reais destinados a projetos de infraestrutura na região Nordeste, os Fundos Constitucionais concederam um total de 30 bilhões de reais neste ano.

 

 

Os valores dos Fundos são administrados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional e concedidos por meio de bancos públicos.

 

 

O Banco do Brasil atende o Centro-Oeste, o Banco do Nordeste é o responsável na região Nordeste, enquanto o Banco da Amazônia opera na região Norte.

 

 

Os recursos aquecem a economia, geram emprego e renda nas áreas atendidas. Possibilitam o financiamento de projetos para abertura do próprio negócio, investimentos para expansão das atividades, aquisição de estoque e até para custeio de gastos gerais relacionados à administração, tais como aluguel, folha de pagamento, despesas com água, energia e telefone.

 

 

Os 30 bilhões de reais contratados nos três primeiros trimestres de 2019 representam um aumento de 13% sobre o valor concedido pelos três Fundos no ano passado, quando foram disponibilizados cerca de 26 bilhões de reais para o Centro-Oeste, o Norte e o Nordeste.