SAÚDE TRANS

O hospital universitário Cassiano Antônio de Moraes da Universidade Federal do Espírito Santo - UFES, foi habilitado pelo Ministério da Saúde para realizar procedimentos ambulatoriais do processo de mudança de sexo.

audio/mpeg 08-06-18 - E NOTICIA - ROSAMELIA - MUDANÇA TRANS.mp3 — 1739 KB

Duração: 1'51"




Transcrição

O hospital universitário Cassiano Antônio de Moraes da Universidade Federal do Espírito Santo - UFES, foi habilitado pelo Ministério da Saúde para realizar procedimentos ambulatoriais do processo de mudança de sexo.

Esse é o primeiro serviço do estado do Espírito Santo a ser habilitado. O hospital de Vitória fará atendimento multidisciplinar e exames complementares da população trans. A unidade já conta com 120 pacientes cadastrados.

A mudança de sexo é um processo complexo de saúde, por isso, antes das cirurgias, há uma avaliação e acompanhamento ambulatorial com equipe multiprofissional, com assistência integral no processo. É necessário acompanhamento psicológico por, pelo menos, dois anos, para que o paciente tenha segurança e certeza dos procedimentos que vai se submeter. A idade mínima é de 18 anos.

O ministério da Saúde conta com 10 serviços habilitados para processo de mudança de sexo no país.

Os serviços habilitados têm como responsabilidade oferecer a assistência diagnóstica e terapêutica especializada aos indivíduos com indicação para a realização do processo PELO Sistema Único de Saúde - SUS.

Desde 2008, o SUS oferece cirurgias e procedimentos ambulatoriais como retirada de mama; plástica mamária reconstrutiva ,incluindo próteses de silicone e; cirurgia de troca de timbre de voz, além terapia hormonal e acompanhamento dos pacientes.