Brasil reduz emissão de gás carbônico na Amazônia e Cerrado antes do prazo

Com dois anos de antecedência, o Brasil cumpriu a meta de reduzir a emissão de dióxido de carbono na atmosfera.

audio/mpeg 10-08-18 - E NOTICIA - ROSAMELIA DE ABREU - EMISSAO CO2.mp3 — 916 KB

Duração: 58s




Transcrição

Com dois anos de antecedência, o Brasil cumpriu a meta de reduzir a emissão de dióxido de carbono na atmosfera.

O país tinha se comprometido a diminuir, até 2020, a liberação de 564 milhões de toneladas do gás na Amazônia. O número alcançado já passa de 610 milhões de toneladas.

Para o Cerrado, a meta era eliminar 104 milhões. E, até o momento, a redução já é de 170 milhões de toneladas. 



O anúncio foi feito nesta quinta-feira, durante o Fórum Brasileiro de Mudança do Clima.

A queda no índice ocorreu por conta da redução do desmatamento na Amazônia e Cerrado.


O gás carbônico é um dos principais fatores de agravamento do efeito estufa.