Argentina vai compartilhar a plataforma consumidor.gov, desenvolvida no Brasil

É o primeiro ato internacional para compartilhamento da tecnologia da plataforma, desenvolvida pela Secretaria Nacional do Consumidor

audio/mpeg 10-09-19 - ROSAMELIA- DEFESA DO CONSUMIDOR MERCOSUL VAL 10-09.mp3 — 1063 KB

Duração: 1m08s




Transcrição

Será realizada nesta quarta-feira em Brasília, a reunião do Comitê Técnico de Defesa do Consumidor do Mercosul.

 

Durante o encontro está prevista a assinatura do Convênio Interinstitucional para utilização da Plataforma consumidor.gov pela República da Argentina.

 

Utilizada para a interlocução direta entre consumidores e empresas para a solução de conflitos de consumo pela internet, atualmente, o Consumidor.gov.br tem, no Brasil, o índice de 80% de soluções dos registros de reclamações. O prazo médio de resposta das empresas às demandas dos consumidores é de 7 dias.

 

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro , participa da cerimônia.

 

É o primeiro ato internacional para compartilhamento da tecnologia da plataforma Consumidor.gov.br, desenvolvida pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon).