Pessoas que moram em Brumadinho e recebem o BPC podem pedir antecipação do pagamento do benefício

Cerca de 774 beneficiários que residem na cidade mineira atingida pelo rompimento da barragem da Vale devem ser beneficiadas com a medida

audio/mpeg 11-02-19 - ROSAMELIA - BPC BRUMADINHO - VAL 17-02.mp3 — 2555 KB

Duração: 1m48




Transcrição

O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou na última sexta-feira autorização que possibilita antecipar o pagamento do Benefício de Prestação Continuada aos atendidos pelo programa que moram em Brumadinho, Minas Gerais.

 

 

No total, 774 beneficiários que comprovadamente residem na cidade mineira atingida pelo rompimento da barragem de rejeitos da empresa Vale poderão sacar o BPC no dia 22 de fevereiro.

 

 

 

Segundo o ministro da Cidadania, Osmar Terra, o Governo antecipou o pagamento, uma vez que as pessoas que recebem o BPC ficam ainda mais vulneráveis quando um município é atingido por um desastre. E esse dinheiro, segundo ele, poderá ajudá-las nas necessidades básicas”.

 

Os beneficiários também poderão antecipar o valor de mais um benefício. Nesse caso, eles devem solicitar a antecipação da parcela direto nos postos bancários.

 

O valor antecipado estará disponível para saque em até cinco dias úteis e o total será ressarcido ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em até 36 parcelas, sem juros ou correção, a partir do terceiro mês seguinte ao da antecipação.

 

O beneficiário que estiver sem o nome na listagem para antecipação de um valor de benefício pode fazer o requerimento à agência da Previdência Social. Mais informações podem ser solicitadas pelo telefone 135 da Previdência Social.