PESQUISA ZICA, DENGUE E CHIKUNGUNYA

A Escola Nacional de Saúde Pública, da Fundação Oswaldo Cruz - FIOCRUZ , iniciou uma pesquisa para identificar a presença de anticorpos de zika, dengue e chikungunya em moradores do Rio de Janeiro.

audio/mpeg 11-07-18 - E NOTICIA - ROSAMELIA - PESQUISA DENGUE.mp3 — 1454 KB

Duração: 1'33"




Transcrição

A Escola Nacional de Saúde Pública, da Fundação Oswaldo Cruz, iniciou uma pesquisa para identificar a presença de anticorpos de zika, dengue e chikungunya em moradores do Rio de Janeiro.

 

Com o projeto de Pesquisa ZDC, será possível levantar o porcentual da população da cidade do Rio de Janeiro que teve contato no passado ou recentemente com os vírus dessas três doenças. A pesquisa fornece informações como as áreas de circulação dos vírus para propor estratégias de controle mais eficazes.

 

A dengue a zika e chikungunya são doenças com grande impacto social e, em certo momento, apresentam sinais e sintomas semelhantes. O estudo será realizado em 4.500 indivíduos e 1.500 residências.

 

Em cada domicílio selecionado, todos os moradores serão entrevistados e convidados a realizar testes rápidos para detecção de zika, dengue e chikungunya.

 

Qualquer pessoa que more na cidade do Rio de Janeiro poderá ser selecionada e convidada a participar do “Projeto de Pesquisa ZDC".

 

Outras informações no site www.fiocruz.br