Instituto Federal de Educação investirá mais de 205 mil reais em produtos da agricultura familiar no Rio Grande do Sul

Produtores de frutas, verduras, carnes, sucos, farinhas, queijos e embutidos podem participar do edital para vender seus produtos ao Instituto Federal Farroupilha, em Júlio de Castilhos, no Rio Grande do Sul

audio/mpeg 11-07-19 - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO COMPRA PRODUTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR NO RS.mp3 — 3034 KB

Duração: 2m09s




Transcrição

lOC: Produtores de frutas, verduras, carnes, sucos, farinhas, queijos e embutidos podem participar do edital para vender seus produtos ao Instituto Federal Farroupilha, em Júlio de Castilhos, no Rio Grande do Sul. A instituição de ensino está investindo mais de duzentos e cinco mil reais para a compra de produtos da agricultura familiar. A compra será possível por meio do Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA, com base na legislação que determina que trinta por cento dos produtos adquiridos para alimentação nas instituições públicas venham da agricultura familiar. As propostas devem ser entregues por produtores e cooperativas na unidade até o dia cinco de agosto.
Ao todo, quarenta e quatro itens compõem a lista de produtos que serão adquiridos. O diretor da Cooperativa de Fruticultores de Panambi, Júlio Goergen, que costuma participar de editais para a venda de produtos a órgãos do governo federal, explica que este tipo de iniciativa resulta no aumento da produção e das vendas.

SONORA: JÚLIO GOERGEN - DIRETOR DA FRUTIPAN

LOC: O diretor do Departamento de Compras Públicas para Inclusão Social e Produtiva Rural do Ministério da Cidadania, Iberê Mesquita Orsi, destaca que a qualificação dos agricultores gaúchos é fundamental para a entrega dos produtos.

SONORA: IBERÊ MESQUITA ORSI - DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE COMPRAS PÚBLICAS PARA INCLUSÃO SOCIAL E PRODUTIVA RURAL

LOC: Por meio do PAA, cada agricultor pode vender até o limite de vinte mil reais por ano paar cada órgão comprador. Já para as cooperativas ou associações, o teto é de seis milhões de reais por ano. A legislação permite que a administração pública federal, estadual e municipal possa obter, com recursos próprios, produtos da agricultura familiar com dispensa de licitação. Mais informações sobre este e outros editais de compras institucionais estão disponíveis no site comprasagriculturafamiliar.gov.br.

Reportagem, Diego Queijo