Ministério da Saúde discute espaço de saúde mental para adolescente

De acordo com o ministro Mandetta, a assistência às pessoas com transtornos mentais acontece de forma integral e gratuita em diversas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo país.

audio/mpeg 11-09-19 - SUZETTE - MINSITRO DA SAÚDE- VAL 11-09.mp3 — 1220 KB

Duração: 0:52s




Transcrição

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, falou, nesta terça-feira dia 10 durante evento na Câmara dos Deputados, sobre a necessidade de qualificar o atendimento às pessoas com transtornos de saúde mental.

 

Durante o Simpósio Nacional de Prevenção do Suicídio e Automutilação, promovido pela Frente Parlamentar de Prevenção do Suicídio e Automutilação e pela Comissão de Seguridade Social e Família, Mandetta explicou que está sendo discutindo um espaço de saúde mental especializado para o público adolescente.

 

De acordo com o ministro da Saúde, a assistência às pessoas com transtornos mentais acontece de forma integral e gratuita em diversas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o Brasil, conforme a necessidade de cada caso.

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Suzette Calderon