Comunidades do Rio vão ter acesso a atividaddes sociais de educação e lazer

Entre as ações estão cursos, palestras, atividades de educação ambiental e oficinas de geração de renda

audio/mpeg 11-10-18 - ROSAMELIA DE ABREU -ACOES COMUNIDADES RIO DE JANEIRO - VAL 15-10.mp3 — 1267 KB

Duração: 1m21s




Transcrição

Moradores de comunidades na área de atuação do Comando Militar Leste, no Rio de Janeiro, vão contar com atividades sociais, de educação e de lazer.

Entre as ações estão cursos, palestras, atividades de educação ambiental e oficinas de geração de renda.
 
A iniciativa é fruto de uma cooperação entre o Sesc, Senac e o Gabinete de Intervenção Federal. 
 

Em cada comunidade participante, devem ser atingidas cerca de 50 mil pessoas. 

O acordo contempla também parceria com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária para a realização de projetos de capacitação profissional e inclusão social dos internos do sistema penitenciário.

 

O projeto Trilhando o Futuro vai oferecer cursos de capacitação profissional e de estímulo ao empreendedorismo para internos do Departamento Geral de Ações Sócio Educativas e detentos do Complexo Penitenciário de Bangu. A expectativa inicial é atender 1.100 alunos.

 

Também serão oferecidos cursos de capacitação profissional para militares, visando a inclusão no mercado de trabalho após deixarem o Exército.