Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, vai estender a condição de área livre de febre aftosa sem vacinação a todo o território nacional até 2021

Atualmente, somente o estado de Santa Catarina é reconhecido como livre da doença sem vacinação

audio/mpeg 12-02-19 - ROSAMELIA - AFTOSA - VAL 17-02.mp3 — 807 KB

Duração: 51s




Transcrição

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, vai estender a condição de área livre de febre aftosa sem vacinação a todo o território nacional até 2021.

 

De acordo com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,Tereza Cristina, essa nova condição vai permitir atender a mercados consumidores mais exigentes, para ampliar a exportação da carne brasileira.

 

Atualmente, somente o estado de Santa Catarina é reconhecido como livre da doença sem vacinação. O Brasil recebeu, em 2018, o reconhecimento da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) de que todo o território nacional é área livre de aftosa com vacinação