Violência contra idosos cresceu 13% em 2018

Os dados são do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

audio/mpeg 12-06-19 - ROSAMELIA - VIOLENCIA CONTRA IDOSOS - VAL 17-06 VALE ESTE.mp3 — 1040 KB

Duração: 1m06s




Transcrição

O serviço Disque 100, oferecido pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH),  recebeu 37.454 denúncias de violações contra a pessoa idosa em 2018.

Divulgados nesta terça-feira (11), os números representam um aumento de 13% em relação ao ano anterior.

O balanço de 2018 informa que 52,9% dos casos de violações contra pessoas idosas foram cometidos pelos filhos, seguidos de netos (com 7,8%).

As pessoas mais violadas são mulheres com 62,6% dos casos e homens com 32%.

As violações mais constatadas são negligência,  violência psicológica, abuso financeiro e econômico/violência patrimonial, retenção de salário e destruição de bens.