Ministério da Educação quer diminuir a repetência e a evasão escolar e melhorar indicadores educacionais

Atualmente, 4 milhões e 600 mil estudantes do ensino fundamental estão em atraso escolar

audio/mpeg 12-07-19 - ROSAMELIA - REFORCO ESCOLAR- VAL ATE 18-07 VALE ESTA.mp3 — 1473 KB

Duração: 1m24s




Transcrição

O Ministério da Educação vai revitalizar o programa Novo Mais Educação.

 

As escolas que aderirem à iniciativa terão o mínimo de 5 horas de aula por dia. No integral, a ideia é colocar 35 horas a mais por semana. O intuito é diminuir a evasão e melhorar indicadores educacionais.

 

 

Atualmente, 4 milhões e 600 mil estudantes do ensino fundamental estão em atraso escolar.

 

Para mudar esse cenário, será dada maior atenção aos alunos que já repetiram ou estão em risco de perder o ano, com um programa de correção de fluxo.

 

O principal foco é na transição de etapas: da educação infantil para o primeiro ano do ensino fundamental, do quinto para o sexto ano do fundamental e do nono ano do fundamental para a primeira série do ensino médio. 

 

 

A medida faz parte do compromisso pela educação básica anunciado pelo ministério da Educação em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).