Controle de 13 presídios no Pará foi retomado pela Força Tarefa de Intervenção Penitenciária

Foram adotados nos presídios os mesmos procedimentos de segurança e disciplinares do Sistema Penitenciário Federal

audio/mpeg 12-09-19 - ROSAMELIA - PRESIDIOS PARA - VAL 15-09.mp3 — 1588 KB

Duração: 1m40s




Transcrição

Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgou balanço de 30 dias da Operação Panóptico, que teve início em 5 de agosto nos presídios do Pará.

 

A Força Tarefa de Intervenção Penitenciária que atua no estado retomou o controle de 13 penitenciárias com apoio do Comando de Operações Penitenciárias e da Polícia Militar.

 

Foram instalados procedimentos de segurança e disciplinares nos presídios semelhantes ao do Sistema Penitenciário Federal.

 

A Força de Cooperação está promovendo ações de assistências de saúde, jurídico e emissão de documentos dos presos.

 

Durante esse período, foram apreendidos na Operação celulares, chips, arma, drogas e materiais ilícitos.

 

O balanço foi divulgado durante entrevista coletiva nesta quarta-feira pelo Diretor do Sistema Penitenciário Federal, Marcelo Stona, o Coordenador Institucional da Força de Cooperação, Maycon Rottava e o Superintendente do Sistema Penitenciário, Jarbas Vasconcelos.

 

O objetivo da Força de Cooperação é a neutralização do crime organizado dentro dos presídios paraenses, com implementação de procedimentos padrões e disciplina, rotinas de segurança e principalmente garantir o cumprimento da Lei de Execução Penal (LEP) com a humanização da pena para pessoas encarceradas.