Pessoas com deficiência auditiva terão atendimento pelo SUS no Rio

Novo serviço será inaugurado nesta segunda-feira, 12, no Hospital Federal de Ipanema. Posteriormente, o serviço será estendido a outros cinco hospitais da rede. Levantamento do IBGE feito em 2010, aponta que o Brasil possui mais de 9 milhões e 700 mil pessoas com deficiência auditiva.

audio/mpeg 12-11-18 - SUZETTE CALDERON - DEFICIENCIA AUDITIVA - VAL 16-11.mp3 — 1188 KB

Duração: 50s




Transcrição

Pessoas com surdez ou deficiência auditiva vão ter atendimento inclusão e acessibilidade no SUS, o Sistema Único de Saúde, no Rio de Janeiro.

 

 

O novo serviço será inaugurado nesta segunda-feira,12 de novembro, no Hospital Federal de Ipanema. Depois, será estendido aos outros cinco hospitais federais da rede: Andaraí, Bonsucesso, Cardoso Fontes, Lagoa e Servidores do Estado.

 

 

O serviço, inédito nas redes de saúde do SUS no estado do Rio, atuará no agendamento e acompanhamento pessoal em consultas, exames e demais procedimentos.

 

 

 

Segundo levantamento feito pelo IBGE em 2010, o Brasil possui mais de 9 milhões e 700 mil pessoas com deficiência auditiva.

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Suzette Calderon