Termina na próxima quinta-feira, 16, consulta pública sobre revisão do programa de erradicação da aftosa

O objetivo é atualizar a legislação em relação às mudanças do Código de Animais Terrestres da Organização Mundial de Saúde Animal e adequá-la ao processo de retirada gradual da vacinação contra a doença no Brasil.

audio/mpeg 14-01-20- MARIA VILHENA - ERRADICACAO FEBRE AFTOSA.mp3 — 970 KB

Duração: 1m02s




Transcrição

Termina na próxima quinta-feira, dia 16, a consulta pública sobre revisão do programa de erradicação da aftosa.

 

O objetivo é atualizar a legislação em relação às mudanças do Código de Animais Terrestres da Organização Mundial de Saúde Animal e adequá-la ao processo de retirada gradual da vacinação contra a doença no Brasil.

 

A última revisão das normas sobre febre aftosa ocorreu em 2007.

 

Entre as normas que serão atualizadas estão o controle sobre os produtos de origem animal e as restrições à movimentação dos rebanhos entre as áreas livres com e sem vacinação.

 

Também devem ser inseridos novos conceitos como a zona de contenção, que permite ao país, caso ocorra um foco da doença, isolar a área afetada mantendo a condição sanitária, a comercialização e a movimentação dos rebanhos no restante do país.

 

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Maria Vilhena.