Governo Federal vai trabalhar com órgãos de Suzano-SP no apoio às famílias das vítimas da escola

Membros do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos estão na cidade paulista para acompanhar o atendimento após a tragédia que vitimou oito pessoas, além dos dois atiradores.

audio/mpeg 15-03-19 - SUZETTE CALDERON - APOIO VITIMAS SUZANO - VAL 22-03.mp3 — 1261 KB

Duração: 1:20s




Transcrição

O governo federal ofereceu apoio através da Secretaria Nacional da Criança e do Adolescente – do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos , para trabalhar em parceria com os órgãos municipais de Suzano (SP) para auxiliar na implementação de políticas públicas voltadas para a criança, adolescentes e familiares das vítimas do atentado na Escola Estadual Raul Brasil.

 

Membros do Ministério estão na cidade paulista para acompanhar o atendimento após a tragédia que vitimou oito pessoas, além dos dois atiradores. Segundo a secretária Nacional da Criança e do Adolescente, Petrúcia Andrade, o objetivo é que os governos federal e municipal trabalhem em conjunto em ações preventivas de conscientização de pais, alunos e do corpo docente.

 

O Ministério acompanha, principalmente, a observância dos protocolos de atendimento a vítimas adolescentes, previstos em tratados internacionais, e está de acordo com os procedimentos. Uma equipe técnica local está recebendo as famílias e encaminhando-os para os psicólogos da prefeitura de Suzano e do Centro de Referência de Atendimento à Vítima (Cravi), ajudando em todas as demandas das famílias, inclusive no deslocamento dos parentes e amigos das vítimas.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Suzette Calderon