Ministério da Saúde lança campanha para incentivar a vacinação

A queda da imunização de crianças acendeu alerta em função do risco da reintrodução de doenças já eliminadas no país, como a poliomielite, sarampo e rubéola.

audio/mpeg 15-10-18 - ROSAMELIA DE ABREU -CAMPANHA INCENTIVO VACINACAO - VAL 19-10.mp3 — 1101 KB

Duração: 1m40s




Transcrição

A queda na aplicação de vacinas no Brasil, entre 2016 e 2017, acendeu alerta no ministério da Saúde em função do risco da reintrodução de doenças já eliminadas ou erradicadas no país, como a poliomielite, sarampo e rubéola.

 

Atento a este cenário, o Ministério da Saúde lançou uma campanha publicitária impactante que alerta para a importância de manter sempre a vacinação em dia.

 

O objetivo é mostrar que as baixas coberturas vacinais podem ser perigosas, já que abrem caminho para a reintrodução de doenças já eliminadas no país e que podem até matar.

 

Dados preliminares, até agosto de 2018, mostram que a cobertura vacinal de crianças menores de dois anos deste ano ainda não é a ideal, gira em torno de 50% e 70%.

 

O Ministério da Saúde orienta que a vacinação deve ficar acima de 90% ou 95%.