Berlim: Semana Verde discute experiência brasileira de produção de alimentos

Na área de inovação e produção sustentável, o Brasil desenvolveu um modelo de produção baseado em tecnologias tropicais sustentáveis que conciliam aumento da produtividade e mitigação das emissões de carbono.

audio/mpeg 16-01-20 - DILSON SANTA FE - SEMANA VERDE BERLIM.mp3 — 4324 KB

Duração: 1:50s




Transcrição

O protagonismo do Brasil na produção sustentável de alimentos saudáveis e seguros será o foco da participação da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, na 85ª Semana Verde Internacional, que ocorre esta semana, em Berlim.


O Ministério apresentou nesta quarta-feira (15), em seminário na Embaixada do Brasil, um documento com diretrizes promovendo a experiência brasileira, que agrega aumento da eficiência com respeito a uma das legislações ambientais mais rigorosas do mundo.


As diretrizes também serão debatidas na Semana Verde, que começa nesta quinta-feira (16) e reunirá cerca de 200 ministros e secretários de agricultura do mundo.

Na área de inovação e produção sustentável, o Brasil desenvolveu um modelo de produção baseado em tecnologias tropicais sustentáveis que conciliam aumento da produtividade e mitigação das emissões de carbono.


O país implantou o Plano de Agricultura de Baixo Carbono (Plano ABC), com resultados que equivalem à absorção de pelo menos 200 milhões de toneladas de gás carbônico desde 2012.


O Plano ABC resultou em uma intervenção em 59 milhões de hectares com tecnologias agrícolas sustentáveis, o que representa 25% das áreas ocupadas pela agropecuária brasileira.

A difusão em grande escala dessas práticas agrícolas sustentáveis é um dos principais desafios a serem superados nos próximos anos.

O documento foi apresentado hoje pelo assessor de Assuntos Socioambientais do Mapa, João Adrien Fernandes. A ministra Tereza Cristina participou do encerramento do seminário.

O evento foi organizado pelo embaixador do Brasil na Alemanha, Roberto Jaguaribe.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa-Fé