EDUCAÇÃO

O ministério da Educação autorizou 32 institutos federais de educação Profissional, Científica e Tecnológica e o Colégio Pedro Segundo, no Rio de Janeiro a contratar professores e técnicos administrativos.

audio/mpeg 17-05-18 - E NOTICIA - ROSAMELIA DE ABREU - CONTRATACAO PROFESSORES.mp3 — 1464 KB

Duração: 1'33"




Transcrição

O ministério da Educação autorizou 32 institutos federais de educação Profissional, Científica e Tecnológica e o Colégio Pedro Segundo, no Rio de Janeiro a contratar professores e técnicos administrativos.

 

No total, serão 1.205 vagas em todo o país, sendo 810 para professores e 395 para técnicos administrativos em educação.

 

De acordo com o ministro da Educação, Rossieli Soares, as novas vagas são importantes porque garantem a continuidade da oferta e a qualidade do ensino nas instituições da Rede Federal.

Para receber novas vagas, os institutos precisam atender a alguns critérios, como o aumento no número de matrículas , a possibilidade de aposentadoria e também a relação aluno-professor.

 

A Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica tem hoje mais de um milhão de matrículas e 650 unidades de ensino. Integram a Rede 38 institutos federais, dois centros federais de educação tecnológica, o Colégio Pedro II e 23 escolas técnicas.