Ministério da Saúde garante R$1,3 bilhão para tratamento de hemofílicos

O total destinado vai garantir a compra de medicamentos previstos no tratamento de doenças hemorrágicas hereditárias, entre elas, as hemofilias A e B, no Sistema Único de Saúde.

audio/mpeg 18-04-19 - SUZETTE CALDERON - TRATAMENTO HEMOFÍLICOS - VAL 23-04.mp3 — 1155 KB

Duração: 0:49s




Transcrição

 

O Ministério da Saúde vai destinar, para este ano, 1 bilhão e 300 milhões de reais para garantir a compra de medicamentos previstos no tratamento de doenças hemorrágicas hereditárias, entre elas, as hemofilias A e B, no Sistema Único de Saúde.

O anúncio do Ministério marca o Dia Internacional da Hemofilia, celebrado nesta quarta-feira , dia 17 de abril. No Brasil, em 2018, 26 mil e 700 pacientes estavam cadastrados no Hemovida Web Coagulopatias, sistema que reúne informações de todos os centros de tratamentos no país. Desse total, 39,52 por cento tem diagnóstico de hemofilia A e 7,84 por cento de hemofilia B.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Suzette Calderon