BNDES aprova financiamento à AGC para geração de empregos

O investimento é para ampliar a capacidade de produção da fábrica do grupo, em Guaratinguetá, interior de São Paulo. Está prevista a implantação de uma segunda unidade de produção de vidros planos e vidros automotivos, além da ampliação do armazém para estocagem de produtos.

audio/mpeg 20-02-19 - MARA KENUPP - BNDES FINANCIAMENTO - VAL 21-02.mp3 — 1452 KB

Duração: 1m01s




Transcrição

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDES, aprovou financiamento de R$ 140 milhões à AGC Vidros do Brasil, no âmbito da linha Finem Direto.

O investimento é para ampliar a capacidade de produção da fábrica do grupo, em Guaratinguetá, interior de São Paulo. Está prevista a implantação de uma segunda unidade de produção de vidros planos e vidros automotivos, além da ampliação do armazém para estocagem de produtos.

A expectativa é que a operação financiada pelo BNDES gere 600 empregos temporários e outros 300 definitivos.

A AGC Vidros do Brasil pertence a um grupo japonês, que atua mundialmente na fabricação de vidros para os setores automotivos, eletrônicos e construção civil. A empresa está presente em mais de 30 países e emprega cerca de 50 mil funcionários.