Ministério da Saúde lança campanha pelo Dia Mundial de Combate à Tuberculose

A incidência da doença foi 34,8 casos por 100 mil habitantes. Em 2017, dados apontam mais de 4 mil e 500 óbitos por tuberculose, resultando em um coeficiente de mortalidade de 2,2 óbitos por 100 mil habitantes.

audio/mpeg 25-03-19 - SUZETTE CALDERON - CAMPANHA TUBERCULOSE - VAL 25-03.mp3 — 2057 KB

Duração: 1:27s




Transcrição

O Ministério da Saúde lançou neste domingo, dia 24 de março, pela passagem do Dia Mundial de Combate à Tuberculose, campanha que alerta para o diagnóstico precoce e o tratamento sem interrupção, essenciais para a cura da doença.

 

A tuberculose é um desafio para os países. Em 2017, estima-se que 10 milhões de pessoas adoeceram por tuberculose e que a doença tenha causado 1 milhão e 300 mil óbitos, o que a mantém entre as 10 principais causas de morte no planeta. A incidência da doença foi 34,8 casos por 100 mil habitantes. Em 2017, dados apontam mais de 4 mil e 500 óbitos por tuberculose, resultando em um coeficiente de mortalidade de 2,2 óbitos por 100 mil habitantes.

 

O Brasil atingiu as Metas dos Objetivos do Milênio (ODM) de combate à tuberculose, que previa reduzir, até 2015, o coeficiente de incidência e de mortalidade da doença em 50% quando comparado com os resultados de 1990. Em 2018, foram registrados mais de 72 mil casos novos no país.

 

Para intensificar os esforços no combate à doença, o Ministério da Saúde lançou, em 2017, o Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose, que ratifica o compromisso com a OMS de acabar com a tuberculose como um problema de saúde pública.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Suzette Calderon