1,7 milhão precisam se cadastrar no CadÚnico

O BPC garante a transferência mensal de um salário mínimo às pessoas com 65 anos ou mais e às pessoas com deficiência de qualquer idade com familiar de até R$ 238 por pessoa

audio/mpeg 26-11-18 - ROSAMELIA - BPC - VAL 27-11.mp3 — 1225 KB

Duração: 1m18s




Transcrição

Mais de 1 milhão e setecentas mil pessoas que recebem o BPC, Benefício de Prestação Continuada, ainda não se cadastraram do Cadastro único de programas sociais do Governo Federal,  de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social.

O Benefício de Prestação Continuada garante a transferência mensal de um salário mínimo a idosos com 65 anos de idade ou mais e às pessoas com deficiência de qualquer idade com familiar de até R$ 238 reais por pessoa.


A inscrição no Cadastro Único é um requisito obrigatório para a concessão do benefício e o registro é o principal caminho para que as famílias participem de outros programas sociais, como o Minha Casa, Minha Vida.

Para se inscrever, os beneficiários devem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) com seus documentos pessoais, como CPF, carteira de identidade e comprovante de residência.