Cães farejadores vão atuar na fiscalização agropecuária

Animais serão treinados para detectar mercadorias ilegais em aeroportos de todo o país

audio/mpeg 27-11-18 - ROSAMELIA - CAES FAREJADORES - VAL 02-12.mp3 — 1070 KB

Duração: 1m08s




Transcrição

 

O Ministério da Agricultura vai usar cães farejadores para detectar odores nos procedimentos de fiscalização agropecuária. A versatilidade destes animais é considerada grande, já que são capazes de vistoriar também correspondências, cargas, drogas e explosivos. 

O cão pode trabalhar ao longo do dia, com pequenos intervalos, reconhecendo cerca de 80 tipos de odores diferentes.

A portaria que autoriza o uso de cães nas operações determina também a criação do Centro Nacional de Cães de Detecção, que será construído junto ao Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em Brasília.

O centro terá a responsabilidade de treinar os cães de detecção para atuarem nos aeroportos de todo o país. O objetivo é reforçar os mecanismos de controle e fiscalização agropecuária.