Escola do Adolescente já tem a adesão de 950 cidades

Objetivo é promover a melhoria da aprendizagem, combatendo a repetência e o abandono nos anos finais do ensino fundamental

audio/mpeg 27-12-18 - ROSAMELIA - ESCOLA DO ADOLESCENTE - VAL - 02-01.mp3 — 1557 KB

Duração: 1m39s




Transcrição

Já são 950 municípios cadastrados no programa Escola do Adolescente desde 20 de dezembro, quando foi aberto o prazo para as adesões.

 

O objetivo do programa é promover a melhoria da aprendizagem, combatendo a repetência e o abandono nos anos finais do ensino fundamental.

 

 

 

O Programa Escola do Adolescente vai atender a todas as redes e escolas dos anos finais do ensino fundamental, por meio de uma plataforma com as ferramentas de gestão e estratégias formativas para gestores e professores.

 

As ações focam os estudantes do sexto ao nono ano com a construção de métodos de ensino mais atrativos aos adolescentes e que permitam um ensino de melhor qualidade.

 

A plataforma vai fornecer ainda instrumentos para realização de avaliações em língua portuguesa, matemática, ciências e inglês, já alinhadas às habilidades da Base Nacional Curricular Comum dos estudantes.

 

Também vão estar disponíveis ferramentas de escuta da percepção que os estudantes têm sobre o ambiente escolar e uma área de compartilhamento de boas práticas.

 

 

Outras informações no site www.mec.gov.br