Criança Feliz: visitadoras levam carinho e informação às futuras mães

Das 781 mil pessoas atendidas pelo programa do governo federal, 129 mil são mulheres gestantes

audio/mpeg Confiança é cultivada em gestantes acompanhadas pelo Criança Feliz.mp3 — 4649 KB




Transcrição

LOC: Em todo o Brasil, o Criança Feliz leva às famílias orientações de como impulsionar o desenvolvimento cognitivo, motor, socioafetivo e da linguagem das crianças. E os cuidados voltados à saúde e ao desenvolvimento dos pequenos se iniciam já na gestação. Com o estímulo adequado nesta fase, a criança terá a chance de se tornar um adulto saudável tanto no aspecto físico quanto emocional. Hoje, das 781 mil pessoas atendidas pelo programa do governo federal, 129 mil são mulheres gestantes que carregam na barriga o futuro do País. Entre elas, Francelaine Alves, 26, moradora de Esteio, no Rio Grande do Sul. Uma vez por semana, a equipe vai até a casa dela e orienta sobre os cuidados a serem tomados ao longo dos nove meses de gestação. O trabalho que será feito pelos visitadores do Criança Feliz logo após o nascimento do bebê também é abordado. Segundo a futura mãe, tanta atenção faz ela ficar mais confiante com a chegada do novo membro da família.

SONORA: FRANCELAINE ALVES  - ATENDIDA PELO CRIANÇA FELIZ EM ESTEIO (RS)

LOC: Quem acompanha a futura mãe é a visitadora do Criança Feliz Pamela Souza. Segundo ela, as atividades farão com que o filho ou a filha de Francelaine tenha um desenvolvimento melhor.

SONORA: PAMELA SOUZA - VISITADORA DO CRIANÇA FELIZ EM ESTEIO (RS)

LOC: O cuidado com as crianças vem transformando aos poucos a realidade da região Sul do País. Com uma especial dedicação empenhada pela equipe do Criança Feliz, a cidade gaúcha de Esteio, com cerca de 80 mil habitantes, se destaca na região. Segundo a supervisora municipal do programa, Joelma Guimarães, o programa vem apresentando um crescimento considerável.

SONORA: JOELMA GUIMARÃES - SUPERVISORA DO CRIANÇA FELIZ EM ESTEIO (RS)

LOC: A ciência comprova que dar carinho, brincar e cuidar é fundamental para o desenvolvimento das crianças. O ministro da Cidadania, Osmar Terra, reforça que o vínculo estabelecido entre a mãe e o bebê ainda na barriga transmite a segurança necessária para o desenvolvimento adequado.

SONORA: OSMAR TERRA - MINISTRO DA CIDADANIA

LOC:  O Criança Feliz integra ações nas áreas da saúde, assistência social, cultura, educação e garantia de direitos para famílias de baixa renda. Além das crianças de até três anos inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o Criança Feliz também acompanha as de até seis anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada, o BPC. Em todo o País, 2.620 municípios aderiram à iniciativa, e o número de visitas domiciliares realizadas já passou de 21 milhões.

Para saber mais sobre o Criança Feliz, acesse cidadania.gov.br.

Reportagem: Diego Queijo ( Ministério da Cidadania)