Fusão de 4 pastas no Ministério da Economia gera economia de R$ 43 milhões

Uma das medidas adotadas pelo governo federal para cortar gastos foi a redução no número de ministérios. O ministério da Economia, por exemplo, é resultado da fusão de QUATRO pastas. Ele reúne os antigos Ministérios da Fazenda, do Planejamento, do Trabalho e da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Em entrevista exclusiva à repórter Márcia Fernandes, o secretário de Gestão da nova pasta, Cristiano Rocha Heckert, explica que a fusão permitiu a redução de quase 3 mil cargos comissionados.

audio/mpeg 04-02-19 - ENTREVISTA MINISTÉRIO DA ECONOMIA.mp3 — 4490 KB