Sistema Único de Saúde incorpora novo medicamento para esclerose múltipla

Os pacientes diagnosticados com esclerose múltipla vão contar com uma nova opção de tratamento pelo Sistema Único de Saúde, o SUS. A novidade vai estar disponível em até seis meses nas unidades de saúde do país para atender cerca de 12 mil pacientes, que já recebem tratamento na rede pública.

audio/mpeg 09-06-17 - BEATRIZ AMIDEN - ESCLEROSE MULTIPLA.mp3 — 3308 KB