Aplicativo ajuda órgãos públicos a registrar focos do Aedes aegypti

Ministério do Planejamento e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) lançam aplicativo que permite o registro de focos do mosquito Aedes aegypti em órgãos públicos. Ferramenta é utilizada por mais de 300 instituições e começa a ser usada em prefeituras de todo o país.

audio/mpeg 24-02-17 - BEATRIZ AMIDEN - COMBATE AEDES - JMvaleeste.mp3 — 3668 KB